in

Hamilton chora ao revelar seu sofrimento após morte de lenda da Fórmula 1: ‘espírito apagou’

Superesportes.net

Lewis Hamilton, chocou o mundo ao revelar que a morte de Niki Lauda, uma das lendas e maiores campeões da Fórmula 1, ocorrida em maio, ainda lhe traz pesadas e fortes lembranças, muito disso foi por conta do próprio sofrimento de Niki pouco antes de morrer.

Publicidade

Transplante não deu certo

Niki Lauda recebeu transplante de pulmão e morreu devido a complicações dessa cirurgia, mas a saúde do veterano do esporte já estava muito debilitada bem antes, o que fez com que a troca do órgão fosse necessária e pior, que ele não resistisse após a cirurgia.

Niki Lauda e Lewis Hamilton se tornaram amigos próximos em 2013. quando Lewis deixou a McLaren rumo a Mercedes. Ele já nutria muita admiração por Lauda, mas realmente se tornaram amigos próximos após essa mudança de equipe.

Publicidade

“Começou a piorar, foi um choque”

Ele menciona que, mesmo debilitado, ele via a capacidade do guerreiro de lutar pela vida, mas lamenta que a longa batalha tenha vencido Lauda, ainda reforçando que os últimos dias dele foram muito difíceis. “Foi muito difícil vê-lo”, disse Hamilton. “Estávamos enviando vídeos um para o outro e eu o vi tendo sua maior dificuldade, mas ele voltou e estava em uma cadeira de rodas e eu estava realmente esperançoso.
“E então ele teve mais problemas e começou a piorar. E foi quando eu fui vê-lo. E foi um choque ver seu amigo em uma cama, ligado a aparelhos. E eu já estive lá antes. Minha tia morreu de câncer, então eu já tinha visto.”

Publicidade


Ele menciona que mesmo perto da iminência da morte de Niki, ainda assim foi um duro choque para ele perder o amigo, muito por conta da luta e do sofrimento que a doença estava causando nele.

Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade

Escrito por Evandro

O mundo do entretenimento é a minha vida.