in

Jornalista famoso vive drama familiar e desabafa sobre filho com risco de morte aos 4 anos

Divulgação/AreaVip

O jornalista Franz Vacek, superintendente de jornalismo da emissora RedeTV, fez um desabafo nas redes sociais, envolvendo o seu filho de apenas quatro anos, César Costa. De acordo com o jornalista, por causa de uma imperícia médica, o pequeno correu risco de morte e precisou ser submetido a uma cirurgia que acabou sendo motivada por erro médico. A criança quase ficou com uma visão comprometida.

Publicidade

O problema aconteceu no Pronto Socorro do Hospital Samaritano, localizado na zona oeste de São Paulo. A instituição emitiu um comunicado, afirmando que os protocolos usados estão sendo apurados. O jornalista contou com detalhes como começou o drama com o filho: um acidente doméstico em que a criança bateu o supercílio. Como o ferimento sangrou muito, ele levou o filho ao hospital.

A criança foi examinada pelo médico, que disse se tratar de algo simples, mas que precisaria de dar ponto. No entanto, ele deu duas opções ao pai, ponto com anestesia local ou um procedimento mais simples, no qual seria usada uma cola cirúrgica. O pai optou pela cola cirúrgica.

Publicidade

Contudo, no momento da aplicação do produto, o pai afirmou que o médico acabou derramando grande quantidade de cola, que escorreu para o olho esquerdo da criança. “No desespero um dos enfermeiros passou um pano para tirar o excesso da cola em cima dos cílios e pálpebras”. O pai contou que a atitude acabou piorando a situação, fazendo com que o produto espalhasse mais.

Publicidade

Desabafo de um pai não de um jornalista!Criança de 4 anos teve olho grudado por cola por imperícia médica no PS do…

Gepostet von Franz Vacek am Dienstag, 24. Dezember 2019

Com isso, a criança ficou com o olho colado e ao questionar o profissional sobre o ocorrido, ele foi ríspido com a resposta. O médico teria tentado forçar a abertura do olho da criança, mas as pálpebras do menino começaram a ferir. O menino precisou ser submetido a uma cirurgia para retirar a cola, mas mesmo assim ficaram alguns resquícios do produto.

Publicidade

Opequeno precisará passar por avaliações oftalmológicas e está bem abalado com tudo que aconteceu. Um boletim de ocorrência foi registrado pelo pai. 

Publicidade
Publicidade
Publicidade