in

Sintomas de infarto podem ser confundidos com ansiedade; entenda a diferença

Divulgação/Noticiasaominuto

Algumas doenças podem ter sintomas semelhantes, e isso acaba dificultando bastante o diagnóstico. Um grande exemplo são os primeiros sintomas que ocorrem durante um infarto, que podem ser facilmente confundidos com dores musculares ou até mesmo com uma crise de ansiedade.

Publicidade

Esse fato é algo extremamente perigoso, pois pode confundir as pessoas fazendo com que procurem auxílio médico quando já é tarde demais. Sintomas como taquicardia, dificuldade para respirar, suor e náuseas, são comuns tanto nas crises de ansiedade, quanto em doenças cardíacas.

Segundo o especialista no assunto, o cardiologista Abrão Cury, sintomas semelhantes ao enfarte podem acontecer durante uma crise de ansiedade pontual e também em casos de ansiedade patológica. De acordo com o médico, isso ocorre porque as crises de ansiedade acabam atingindo a produção de hormônio, fazendo com que o organismo vá liberando mais adrenalina e noradrenalina.

Publicidade

Esses hormônios provocam o aumento da frequência cardíaca, provocando a taquicardia, alterando a pressão arterial. A respiração, aumentando o suor, podem até mesmo causar vômitos. Como a pessoa se preocupa com os sintomas, a manifestação pode até acabar piorando.

Publicidade

O especialista explicou ainda que os principais problemas do coração que podem ser confundidos com a ansiedade são palpitações, angina, AVC – Acidente Vascular Cerebral e infarto. Os pacientes que sofrem com crise de ansiedade patológica costumam reconhecer que estão em crise.  

Publicidade

Apesar da crise de ansiedade não representar um problema que está diretamente relacionado ao coração, elas podem acabar triplicando as chances do paciente desenvolver hipertensão e também da síndrome do coração partido, condição que é provocada pelo grande excesso de estresse.

Publicidade
Publicidade
Publicidade