in

Fluminense faz papel de vilão para impedir que Caio Henrique vá para o Grêmio

O Grêmio busca jogadores para reforçar a equipe em 2020. O time comandado por Renato Portaluppi anunciou oficialmente apenas uma contratação até o momento: a do lateral-direito Victor Ferraz.

Publicidade

Outro nome buscado pelo Tricolor é o lateral-esquerdo Caio Henrique, que pertence ao Atlético de Madrid e está emprestado ao Fluminense. O jogador tem 22 anos e passagens pela seleção brasileira de base.

Seria o nome ideal para fazer sombra a Bruno Cortez, lateral-esquerdo titular do Grêmio nos últimos anos. Para esta temporada, o Tricolor contratou Juninho Capixaba, mas o jogador não se firmou na equipe e não foi o reserva necessário para fazer Cortez jogar mais.

Publicidade

O negócio com Caio Henrique está travado. Isso porque o Fluminense se mantém firme no objetivo de manter o jogador em seu elenco na próxima temporada.

Publicidade

Gosta de música? Ouça clássicos das décadas de 70, 80 e 90 agora mesmo | CLIQUE AQUI

Publicidade

O Fluminense não tem dinheiro para contratar o atleta e garante que nenhum clube do país teria. “Falamos de valores entre 10 milhões e 12 milhões de euros. Ninguém no Brasil teria essa condição”, afirmou o diretor-executivo do clube carioca, Paulo Angioni.

Publicidade

O Fluminense teria até o último dia de 2019 para definir se vai comprar o jogador. Sem dinheiro, o clube carioca tenta um novo empréstimo. O negócio só deve ser resolvido nos primeiros dias de 2020.

Será nesses dias, provavelmente na primeira semana, que o Grêmio tentará fechar o negócio e anunciar o jogador como reforço para o ano de 2020. No ano que vem, o Tricolor terá torneios importantes pela frente e quer conquistar um título.

Publicidade

Escrito por Diogo Marcondes

Jornalista formado desde 2015. Jornalista por vocação desde que nasceu. Redator da i7 Network. Aqui escrevo sobre política, futebol, TV & famosos e qualquer outro assunto que esteja repercutindo no Brasil e no mundo.
Entre em contato comigo pelo @DiogoMarcondes no Twitter!