in

Seu cachorro não pode nunca comer esses 5 objetos; o 4º é bem comum, porém fatal

Comunidade Animal

Ter um amigo de quatro patas é uma verdadeira responsabilidade. Os animais de estimação são simônimo de carinho e lealdade incondicionais e, como retribuição, seus tutores precisam garantir sua saúde e bem estar. Com cachorros, em especial, o desafio é equilibrar segurança e espaço para eles brincarem livres e gantando toda a energia que produzem.

Publicidade

Ao dar a liberdade que o cãozinho precisa, há o risco dele tentar ingerir algum objeto que faz muito mal a sua saúde. Em certos casos, o final pode ser trágico. Então veja cinco objetos que precisam estar longe de seu animalzinho! 

1. Carregadores de eletrônicos

Os cabos desses objetos podem emaranhar no estômago e no intestino do cão ao serem ingeridos. Assim, fica complicada a ‘saída’ dos carregadores. Em alguns casos, apenas uma intervenção cirúrgica pode salvar a vida do bichinho.

Publicidade

2. Pedras

Um quintal decorado com pedrinhas coloridas pode ser um verdadeiro perigo para o cachorro. Se ingerida, a pedra é difícil de engolir e ainda pode machucar o cãozinho enquanto passa pelo seu corpo, provocando até hemorragias.

Publicidade

3. Chupeta para bebês

Engraçadinhos e fofos. Muitas pessoas dão esses adjetivos quando vêem cachorros com chupetas. Contudo, não fazem ideia do perigo que esse agrado pode causar ao cachorro. Por ser de um material emborrachado, as chupetas não saem de dentro deles com facilidade e, novamente, apenas uma cirurgia pode salvar a vida do animal.

Publicidade

4. Meia

Provavelmente o objeto mais comum entre os cães, principalmente porque a maioria deles não resiste a uma meia deixada no chão de casa. Contudo, é preciso muita vigilância. Um cãozinho dinamarquês precisou ser operado por ter 43 meias na barriguinha. Assim, se o problema não for resolvido com intervenção cirúrgica, pode ser fatal.

5. Moeda

Se o cão não se engasgar, considere uma primeira vitória. Ao ser ingerida, o zinco contido na moeda é muito tóxico para cães e gatos. Assim, fica a dica: além da perda financeira, você pode perder seu melhor amigo se deixar esse dinheiro ao alcance do animal de estimação.

Publicidade

Escrito por Mayra Michel

Jornalista por formação e vocação. Apaixonada pelos desafios da escrita e pelo aprendizado diário do Português. Na caminhada da Comunicação desde 2004, ainda tem muito o que viver nessa profissão que "quem conhece, não esquece jamais" (sim, sou mineira!). Fique à vontade para falar comigo: mayramichel@gmail.com