in

Nem Jesus uniu Bruno e Thiago; Natal da família Gagliasso foi de ‘treta’

Notícias da TV.

No Natal, o mundo inteiro comemora o aniversário de Jesus Cristo. Para os cristãos, essa data foi escolhida como a do nascimento do Messias. No entanto, nem mesmo uma data conhecida pelo perdão e pela união das famílias, os irmãos Bruno e Thiago Gagliasso se reuniram. As informações são do site Notícias da TV, que fez uma matéria a respeito do assunto nesta quarta-feira, 25 de dezembro. 

Publicidade

Bruno Gagliasso e o irmão estão com  desavenças desde 2018. Naquele ano, a polarização política viveu o seu ápice. Enquanto Bruno apoiava o movimento ‘Ele Não’, Thiago fazia coro por Bolsonaro presidente. Um ano após o mandato do político de direita, a ‘indiferença” entre os irmãos continua e nem mesmo nessa data eles decidiram se reencontrar pessoalmente.

Para Thiago, ele acabou virando uma vítima da situação,  já que como Bolsonaro é o presidente, ele acaba levando a culpa dos descontentamentos do irmão. Além disso, o fato da família ser pública e a “treta” política ter sido exposta para toda a sociedade, aumentou ainda mais o desenlace dos Gagliassos.

Publicidade

“Eu e Bruno não somos mais amigos, mas nos respeitamos. Cada um no seu canto, não tenho problema com o meu irmão. E não teve briga política só lá em casa”, disse Thiago ao falar do assunto, em uma entrevista entrevista para o jornal carioca Extra.

Publicidade

“E não teve briga política só lá em casa. É porque a minha família é pública, mas teve muita gente que parou de falar com parente por causa de eleição [para a Presidência do Brasil em 2018]”, continuou ele, que não viu o irmão nesse Natal.

Publicidade
Publicidade
Destaque: Mulher quase é presa por emagrecer demais! Confira
Publicidade
Publicidade

Escrito por FERNANDO B

As melhores notícias você encontra por aqui. Conheça essas e outras histórias.