in

Corinthians topa ceder Clayson para ter Nikão; Furacão bate o martelo

Foto: Marcelo Andrade

A diretoria do Corinthians não quer esperar terminar o ano para concluir a montagem do elenco. Toda essa pressa é devido ao pouco tempo que o clube terá em 2020. Vale destacar que o Timão já tem viagem marcada logo no começo do próxima ano, para a disputa da Florida Cup.

Publicidade

Mesmo sem estar à beira do gramado na reta final desta temporada, o técnico Tiago Nunes seguia trabalhando para poder contar com jogadores de qualidade em seu elenco. O comandante estava atendo ao mercado e de olho nos atuais jogadores do plantel alvinegro.

O treinador tem em mente as carências do Timão e vêm o sistema ofensivo como principal setor a ser melhorado. Desta forma, a contratação do atacante Nikão vem sendo tratada como primordial pela diretoria corintiana. Nos últimos dias, a negociação ganhou novidade.

Publicidade

Nikão se destacou com a camisa do Athletico-PR principalmente na disputa da Copa do Brasil. Por isso, o clube paranaense faz jogo duro para liberá-lo. Tentando aliviar as condições de negócio, o Timão chegou a oferecer o atacante Clayson como moeda de troca.

Publicidade

Pouco tempo depois da proposta apresentada pelo Corinthians, a diretoria do Athletico-PR optou por recusar, já que o jogador é bem visto no exterior e propostas maiores devem aparecer.

Publicidade

O Furacão chegou a pedir as permanências de Pedro Henrique e Camacho em definitivo para acertar a liberação de Nikão. Portanto, a diretoria do Corinthians optou por negar essa contra-proposta, pois ambos os atletas serão aproveitados na próxima temporada.

De momento, o Furacão bateu o martelo e definiu que Nikão continuará na equipe. Portanto, o jogador segue na mira do Corinthians e também em alta no mercado, o que pode culminar em propostas mais elevadas, resultando em sua saída do clube paranaense.

Publicidade
Publicidade
Publicidade

Escrito por Vinicius Araújo

Redator i7 Network - Notícias do mundo do futebol.