in

5 sinais do corpo que não devem ser ignorados e que podem salvar a sua vida

Não Acredito

Os sinais dados pelo corpo são de grande importância para diagnósticos de doenças, é através de sintomas ou algo incomum encontrado no corpo humano que os médicos dão início na avaliação das causas.

Publicidade

Seja uma sensação nova, alterações cutâneas ou pequenas mudanças no seu organismo, o corpo dá importantes sinais que deve ter sempre a devida atenção. 

Sabendo disso, confira 5 sinais do corpo que não devem ser deixados de lado. Fique atento e se tiver algum desses sinais procure um especialista imediatamente. 

Publicidade

Tom diferentes nos pés

Publicidade

Alterações na tonalidade nos pés, como a pela mais fina, na coloração rosado, pode indicar problemas no metabolismo, o que inclui a diabetes. Procure um endocrinologista para uma investigação do problema. 

Publicidade

O abraço invisível

Abraçar é recomendável, mas existe um sinal no corpo que faz você ter essa sensação sem mesmo ter recebido um abraço físico o que evidência que algo não está bem no seu organismo. Ao sentir esse aperto em qualquer parte do seu corpo, você deve procurar ajuda médica, pois pode ser o caso de esclerose múltipla, doença que tem como um dos sintomas a sensação de ser apertado. 

Diminuição das sobrancelhas

Se você perceber quedas dos fios das sobrancelhas, fique em alerta e procure um dermatologista ou endocrinologista. Geralmente, alterações nas quantidades de pelos no corpo indicam problemas na tireoide, como hipotiroidismo. 

Inchaço nos dedos

Os inchaços nos dedos podem indicar muitas coisas, mas quando sem um motivo aparente, deve ter sua atenção já que pode ser associado a um a artrite.

Pele com coceira

Muita gente ignora, mas coceira na pele pode indicar uma doença muito perigosa, a diabetes. Contudo, nem toda irritação na pele pode ser a doença, então descarte que seja alguma picada de inseto ou alergia e assim procure um especialista. 

Publicidade

Escrito por Ariane

Formada em pedagogia em 2011, atuo como redatora desde 2015. Produzo conteúdo sobre o que sou fã. Séries, músicas e tudo que envolve o mundo pop.