in

Após testamento de Gugu ser aberto, irmã fala em má-fé e joga tudo no ventilador

Veja

Aparecida Liberato, irmã de Gugu Liberato, diz que pessoas que não foram contempladas no testamento estariam tentando agir de má-fé. A revelação foi feita por ela nesta quinta-feira, 19 de dezembro, em comunicado divulgado à imprensa, em que fala sobre o testamento de Gugu Liberato. 

Publicidade

Essas pessoas, no comunicado divulgado por Aparecida, seriam ligadas à esposa de Gugu, Rose Miriam. Ela diz que familiares de Rose a teriam induzido a aceitar o testamento escrito pelo comunicador, mas procurar outros advogados. Esse tipo de atitude poderia fazer com que o espólio demorasse anos para ser dividido entre os contemplados. 

No texto divulgado à imprensa, a numeróloga garante que a maioria dos bens de Gugu teria ficado entre os três filhos. O mais velho deles, João Augusto Liberato, completou 18 anos nesse ano. Apesar dessas pessoas estarem insistindo para Rose procurar um advogado, a viúva teria decidido deixar as coisas como estão.

Publicidade

Ou seja, Rose não terá um contato com um advogado fora do que o que já trabalha na divisão dos bens, deixados em sua maioria para os filhos dela mesma. “Vale ressaltar que desde o momento da triste fatalidade, Rose Miriam Di Matteo vem sendo assediada por inúmeros advogados, tanto nos EUA como no Brasil, que por vários meios e argumentações sugerem representá-la, ocultando o fato de que uma eventual disputa seria, dela Rose, contra seus filhos, reconhecidos herdeiros”, diz Aparecida no texto divulgado a imprensa. 

Publicidade

Calcula-se que a fortuna do comunicador da Record TV esteja avaliada em mais de R$ 100 milhões. 

Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade

Escrito por FERNANDO B

As melhores notícias você encontra por aqui. Conheça essas e outras histórias.