in

Luto na Globo: Patrícia Poeta se despede de colega do Jornal Nacional

Fotomontagem: Bruno Avila / Reprodução: TV Globo

Para o Jornal Nacional ir ao ar, não depende somente dos dois apresentadores da bancada, mas sim de toda uma grande equipe.

Publicidade

Após a saída de Fátima Bernardes do JN, Patrícia Poeta assumiu a cadeira feminina da bancada do Jornal Nacional. Poeta ficou durante alguns anos no consagrado telejornal, mas acabou saindo em 2014, quando ingressou no programa É De Casa. Enquanto estava no JN, a jornalista fez muitas amizades, dentre elas se tornou amiga do grande Ederlecy.

Publicidade

Publicidade

Patrícia Poeta postou, nas redes sociais, sobre a morte que pegou a Globo de surpresa. Ederlecy morreu após uma luta intensa contra o câncer. Poeta e ele trabalharam juntos, durante anos, na produção do JN, e se tornaram grandes amigos.

A jornalista se despediu de seu amigo e o texto foi de cortar o coração. Patrícia relatou que sua terça-feira terminou mais triste ao receber a notícia de que havia perdido um amigo.

Poeta citou que Ederlecy sempre a chamou de ‘Poesia’, em uma piada com seu sobrenome. A apresentadora ainda disse que, sempre que ligava ao homem, ele dizia que estava tudo bem.

Em um texto emocionante, Patrícia Poeta lembrou que apelidava Ederlecy de ‘guerreiro’, e desejou que seu ex-colega descanse em paz. A publicação da apresentadora já ultrapassa 10 mil curtidas.

No Instagram, Poeta tem mais de 2 milhões de seguidores, e mostra sua rotina de trabalhos na Rede Globo de Televisão. A jornalista deixou o Jornal Nacional por desejo de seguir uma carreira de apresentadora. Além do matinal É De Casa, Poeta costuma cobrir folgas de Ana Maria Braga e Fátima Bernardes.

Publicidade
Publicidade
Publicidade

Escrito por Bruno Avila

Redator de futebol, política e famosos desde 2016. Hoje um dos redatores mais lidos do 1News Brasil. Fique à vontade para falar comigo: brunoavilaprof@outlook.com