in

Mulher morre após fazer escova progressiva; uso de formol é proibido

Arquivo Pessoal Lidiane

Toda mulher gosta de cuidar da sua aparência. Uma das partes do corpo que mais preocupam as mulheres são os cabelos. Nos últimos anos, surgiram diversas formas de deixar o cabelo mais bonito.

Publicidade

Hoje em dia, muitas mulheres apelam para a escova progressiva na hora de dar uma repaginada no visual capilar, mas o uso do formol deve ser feito com cuidado.

O ideal, sempre, é fazer a escova progressiva em uma sala de beleza com profissionais adequados. Mesmo assim, há riscos. Nesta segunda-feira (16), morreu na cidade de Ilha Solteira, interior de São Paulo, uma mulher de 31 anos.

Publicidade

Lidiane Ferreira dos Santos foi a um salão de beleza da cidade para fazer uma escova progressiva no dia 6 de dezembro. Quando voltou para casa, a mulher começou a sentir-se mal. Ela teve irritação da pele, falta de ar e queimação pelo corpo.

Publicidade

Dias depois, ela foi encaminhada para o Hospital Regional de Ilha Solteira. Ela aguardava uma transferência para a Santa Casa de Araçatuba, que tinha estrutura maior para atender o caso de Lidiane.

Publicidade

A transferência não chegou a acontecer. Ela morreu no Hospital Regional, após sofrer uma parada cardiorrespiratória, crise convulsiva, hipotensão e alergia a produtos químicos, de acordo com informações do atestado de óbito.

De acordo com um especialista ouvido pelo site da revista Claudia, da Editora Abril. O especialista Dr. Rodrigo Pirme alertou sobre os riscos da utilização do formol.

Segundo ele, o contato com a pele pode provocar reações como queimaduras, coceira, irritação, descamação e vermelhidão no couro cabelo. Também pode ocasionar queda de cabelo.

Já no contato com os olhos, os sintomas são ardência e lacrimejamento. Por inalação: ardência, coriza, coceira, falta de ar, tosse, dor de cabeça“, afirmou o médico.

Segundo ele, o uso indevido da substância já foi relacionado também a câncer de narinas, boca, traqueia e pulmão.

De acordo com a Anvisa, o uso do formol só é permitido em produtos estéticos com o objetivo de conservar produtos e como endurecedor de unhas. Qualquer outro risco, como no caso da escova, causa riscos à saúde.

Publicidade
Publicidade
Publicidade

Escrito por Diogo Marcondes

Jornalista formado desde 2015. Jornalista por vocação desde que nasceu. Redator da i7 Network. Aqui escrevo sobre política, futebol, TV & famosos e qualquer outro assunto que esteja repercutindo no Brasil e no mundo.
Entre em contato comigo pelo @DiogoMarcondes no Twitter!