in

Al-Hilal desafia o Flamengo para conquista do mundial; Saiba quais chances o Flamengo tem

Isto é

Apesar de ter sido um ano de grandes tragédias, perdas de pessoas queridas pelo público e de sofrimento e rebaixamentos nunca antes vistos, 2019 tem sido o ano de ouro para o time do Flamengo. O clube foi Campeão da Libertadores da América e Campeão do Brasileirão, vitorioso com grande estilo nos dois campeonatos, o time ainda precisará enfrentar mais um desafio antes do findar do ano, a disputa do Mundial Interclubes é o último desafio de 2019.

Publicidade

Flamengo enfrentará campeão da Ásia

No último sábado, 14 de dezembro, chegou o fim das especulações e expectativas, pois os torcedores finalmente puderam saber quem seria o primeiro adversário do Flamengo na competição que valerá o tão venerado troféu do mundial. Al-Hilal, campeão da Ásia será o primeiro desafiante do Flamengo na disputa.

Aconteceu um primeiro tempo muito equilibrado e sem surpresas. Mas, os africanos costumam ser perigosos em contra-ataques. No segundo tempo da partida aconteceu uma reviravolta quando os sauditas jogaram mais agressivamente e assumiram o controle do jogo. O clube enfrentou os Espérance e o resultado obtido foi o de 1 a 0, o gol marcado foi de autoria de Bafetimbi Gomes, ex jogador do Swansea City, e aconteceu quase no findar da partida.   

Publicidade

Al-Hilal venceu partida contra Espérance

Al-Hilial está bem melhor no confronto, mas desperdiçou um caminhão de gols e acabaram perdendo a oportunidade de com um resultado mais folgado terem mais tranquilidade na competição. Ainda aconteceu a saída de Mohamed Kanno, meio de campo do time no fim da partida. Essa expulsão tornou o jogador como desfalque para seu time e ele não competira contra o clube carioca.

Publicidade

Publicidade

O confronto entre Al-Hilal e Flamengo se dará no dia 17 de dezembro (terça-feira), em Doha no estádio Khalifa International Stadium. O jogo será às 14:30h pelo horário de Brasília. A chance é agora! O clube carioca está tendo a oportunidade de matar uma sede de mundial que já dura 38 anos. O último troféu do time aconteceu quando Zico ainda atuava no clube. 

Publicidade
Publicidade
Publicidade

Escrito por Tatiane Braz

Estudante, escritora e apaixonada pela verdade, tenho como meta levar a notícia de forma clara e real. Amo ler e percebo a cada dia que um mundo melhor se faz quando o conhecimento que adquirimos é colocado em prática.