in

Após ter a morte anunciada, Agnaldo Timóteo, aos 83 anos, refuta: ‘estava morto’

Reprodução Globo

O cantor Agnaldo Timóteo teve um 2019 bem difícil. Aos 83 anos, o artista foi internado, em maio, com um quadro grave de pressão alta e sofreu um acidente vascular cerebral (AVC).

Publicidade

O artista veterano estava na cidade de Barreiras, na Bahia, e foi internado inicialmente em uma Unidade de Pronto Atendimento (UPA) da cidade do interior do estado.

Uma semana depois da internação, o quadro de saúde de Timóteo piorou e ele passou a respirar com a ajuda de aparelhos. Na madrugada desta quarta-feira (11), o cantor foi entrevistado pelo jornalista Pedro Bial e falou sobre o momento difícil que viveu.

Publicidade

A morte de Agnaldo Timóteo chegou a ser anunciada por veículos de comunicação à época e a informação, que depois foi ratificada, viralizou nas redes sociais.

Publicidade

“Eu estava morto. Tanto que o jornal botou: ‘Morre Agnaldo Timóteo’. Mentira! Eu tô vivo, seu canalha!”, esbravejou Agnaldo Timóteo no programa Conversa com Bial.

Publicidade

Da Bahia, Agnaldo Timóteo foi transferido para o Hospital das Clínicas, em São Paulo, onde permaneceu internado por mais alguma semanas, em estado grave.

Atualmente, o cantor tem passado por sessões de fisioterapia para recuperar os movimentos das pernas. Depois de um tempo na Unidade de Terapia Intensiva (UTI), ele chegou a apresentador episódios de confusão mental.

Nesta quarta-feira, Timóteo estará no Boteco do Ratinho, no SBT. Isso mostra que o artista voltou a ter espaço na TV, após a internação. O cantor se prepara para voltar aos palcos e seu primeiro show será realizado no Recife, capital de Pernambuco.

Publicidade
Publicidade
Publicidade

Escrito por Diogo Marcondes

Jornalista formado desde 2015. Jornalista por vocação desde que nasceu. Redator da i7 Network. Aqui escrevo sobre política, futebol, TV & famosos e qualquer outro assunto que esteja repercutindo no Brasil e no mundo.
Entre em contato comigo pelo @DiogoMarcondes no Twitter!