in

Hotel proíbe casal gay da Globo de dividir mesma cama e barraco quase termina na polícia

UOL

Um barraco envolvendo dois repórteres da Globo quase terminou com a presença da polícia, em um famoso hotel da Bahia. Tudo teria acontecido quando os jornalistas Erick Rianelli e Pedro Figueiredo, da TV Globo, decidiram se hospedar em um recomendado hotel localizado na Praia do Forte. Os dois solicitaram uma cama de casal para dividirem. Eles são casados e assumidamente homossexuais. 

Publicidade

No entanto, ao chegarem ao local, estava no quarto duas camas de solteiro. O hotel então, segundo os jornalistas da Globo, foi avisado do erro, mas teria se recusado a colocar uma cama de casal para dois homens. O hotel só teria aceito fazer a troca, quando o casal de famosos, literalmente, ameaçou chamar a polícia. 

A revelação foi feita por ambos por meio do Twitter. Pedro Figueiredo chegou a marcar o hotel na sua publicação, acusando o local de praticar homofobia. 

Publicidade

“A homofobia de cada no dia aconteceu também no
@IBEROSTAR  Praia do Forte. Reservamos um quarto de casal e nos deram um com duas camas de solteiro. Só aceitaram trocar nosso quarto depois que ameaçamos chamar a polícia
“, escreveu o jornalista, que recebeu como comentário uma enxurrada de revelações parecidas com a dele, indicando que o hotel estaria fazendo essa prática constantemente. 

Publicidade

Mesmo sendo marcado nas publicações, o hotel não publicou  qualquer resposta na rede social. Na última semana, apenas postagens em inglês envolvendo preservação da natureza foram publicadas. Vale lembrar que, desde o ano de 2019, homofobia é crime no Brasil, equiparado ao racismo. 

Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade

Escrito por FERNANDO B

As melhores notícias você encontra por aqui. Conheça essas e outras histórias.