in

Tanatopraxia: a técnica de preservação do corpo que deve ser usada em Gugu

Veja / Record

A morte do apresentador Augusto Liberato, o Gugu, levou à muitas perguntas. Uma delas está na preparação do corpo do apresentador, cuja morte oficial foi confirmada na sexta-feira, 22 de novembro, mas o velório só está previsto para a quinta-feira, 28 de novembro. Muita gente tem se questionado como se preserva o corpo de alguém por tanto tempo.

Publicidade

Apesar da curiosidade, essa técnica é milenar e tem nome. Ela se chama Tanatopraxia. Qualquer técnica para preservar o corpo de um ser humano recebe esse nome.

No entanto, há várias modalidades de Tanatopraxia, cujo resultado são o mesmo, levar na hora do adeus uma pessoa querida. 

Publicidade

Esta ação, feita em clinicas de preparação, consiste em limpar e garantir a preservação do corpo do ente querido por mais tempo. O apresentador Gugu Liberato, logo após a confirmação da morte cerebral, teve os seus órgãos doados. A previsão é que esse tipo de doação possa ajudar até 50 pessoas. 

Publicidade

Por conta disso, a preparação  do corpo do apresentador só foi começar no domingo, 24, quando ele deixou o hospital e foi para uma análise de necrópsia, que é um órgão americano equivalente ao Instituto Médico Legal (IML) brasileiro. O filho do apresentador, João Augusto, de 18 anos, precisou assinar o documento para liberar o corpo. 

Publicidade

Outros trâmites burocráticos ainda são necessários, até a chegada do corpo do apresentador ao Brasil. Essa chegada está prevista para a quinta-feira, 28, mas ainda não se sabe se o velório e enterro de Gugu será no mesmo dia. Uma certeza maior sobre essa data deve ser dada na quarta. 

Publicidade
Publicidade
Publicidade

Escrito por FERNANDO B

As melhores notícias você encontra por aqui. Conheça essas e outras histórias.