in

Ponto final: Clayson tem situação definida no Corinthians

Foto: GettyImages

A diretoria do Corinthians segue tentando dar melhores condições de trabalho para o técnico Tiago Nunes. Todo esse esforço é devido a intenção do clube em mudar sua forma de jogar. Para 2020, o torcedor alvinegro deve ver um time mais leve e muito ofensivo.

Publicidade

No entanto, o Corinthians não vai conseguir alterar seu estilo de jogo contando com os mesmos jogadores. Sendo assim, os dirigentes do clube seguem de olho no mercado de contratações. Mas antes de acertar com novos reforços, será necessário definir o futuro de alguns atletas do atual elenco.

Contestado pela torcida em praticamente toda a temporada, o atacante Clayson começou a ter sua situação discutida. Na próxima temporada, certamente o atacante será pouco aproveitado por Tiago Nunes. Desta maneira, a direção alvinegra resolveu utilizá-lo como moeda de troca.

Publicidade

Como não planeja realizar grandes investimentos, o envolvimento de Clayson em alguma troca pode ser lucrativa para o Timão. A vantagem do Corinthians em uma futura negociação é que ele vem sendo utilizado na equipe comandada pelo técnico interino Dyego Coelho.

Publicidade

Em alguns momentos da temporada, foi cogitada a possibilidade de troca entre o atacante corintiano e o jogador Luan, do Atlético-MG. No entanto, o Galo fez jogo duro nas tratativas e Clayson foi bancado por Fábio Carille, que ainda comandava o Timão.

Publicidade

Sem moral com a torcida, o atacante deve atuar em outra equipe no próximo ano, mas a diretoria alvinegra não quer sair no prejuízo. Caso acerte sua saída, o Corinthians deve investir em outro atacante de velocidade, mas que tenha mais qualidade com a bola nos pés.

Lembrando que Clayson chegou ao Corinthians após ser um dos destaques da Ponte Preta. Em alguns momentos, o atleta se destacou no Timão, mas mesmo assim não conquistou a confiança da torcida.

Publicidade
Publicidade
Publicidade

Escrito por Vinicius Araújo

Redator i7 Network - Notícias do mundo do futebol.