in

Grêmio pode embolsar mais de R$ 20 milhões com negociação de atacante

Divulgação Grêmio

O Grêmio pode engordar seus cofres nas próximas semanas. O atacante Tetê, que defendeu o clube até o começo do ano, deve ser negociado na Europa e o Tricolor, dono de parte dos direitos econômicos do atleta, sairá ganhando nesse negócio.

Publicidade

Tetê defende o Shaktar Dontesk, da Ucrânia, e pode ser vendido ao Milan, da Itália. Seria uma mudança de patamar na carreira do jogador. O clube italiano estaria disposto a pagar impressionantes R$ 138 milhões para oficializar a contratação do atacante.

O Grêmio possui 15% dos direitos econômicos do jogador e ainda receberia mais 3% por ser o formador. Neste caso, o Grêmio embolsaria R$ 24 milhões no negócio.

Publicidade

A diretoria do Grêmio estaria torcendo para que o negócio seja concretizado. Todo dinheiro é importante no orçamento da equipe que deve ter Palmeiras e Flamengo como grandes rivais no ano que vem.

Publicidade

O Tricolor vai disputar o Campeonato Gaúcho, a Copa do Brasil, a Copa Libertadores da América e o Campeonato Brasileiro na próxima temporada. Reforços são importantes e, para isso, é preciso dinheiro.

Publicidade

Flamengo e Palmeiras montaram grandes equipes nos últimos anos porque tinham orçamento robusto. A venda de Tetê poderia reforçar o caixa do Grêmio. No começo do ano, ele foi negociado por R$ 43 milhões, na cotação da época.

Confirmando a negociação, ela mostra o quanto é importante ser formador de um jogador de futebol. Além, claro, de vender o atleta e ainda manter parte dos direitos econômicos. A torcida do Grêmio torce para o que negócio seja finalizado nas próximas semanas.

Publicidade
Publicidade
Publicidade

Escrito por Diogo Marcondes

Jornalista formado desde 2015. Jornalista por vocação desde que nasceu. Redator da i7 Network. Aqui escrevo sobre política, futebol, TV & famosos e qualquer outro assunto que esteja repercutindo no Brasil e no mundo.
Entre em contato comigo pelo @DiogoMarcondes no Twitter!