in

Médico que atendeu Gugu levanta suspeita ao vivo e causa da morte pode ter sido outra

Natelinha

Nesta segunda-feira, 25 de novembro, o médico Guilherme Lepski, que viajou para os Estados Unidos para atendeu o apresentador Gugu Liberato, deu uma entrevista ao programa Aqui na Band, da TV Bandeirantes. Na entrevista, o neurocirurgião surpreendeu e levantou uma suspeita, argumentando que a causa da morte pode ter sido outra. 

Publicidade

Até então, toda a mídia noticiou que a queda que o apresentador teve em casa, seguida de batida de cabeça em um móvel, seria a causa do falecimento do comunicador. O neurocirurgião, no entanto, argumentou que Gugu não chegou morto ao hospital. Ele também falou do sigilo que envolvia a situação, não tendo muitas informações sobre o acidente caseiro envolvendo a mansão de Orlando do comunicador. 

Para o médico, o que teria motivado a morte de Gugu, na verdade, pode ter sido um desmaio antes desse cair no forro do sótão. Isso porque Liberato não tentou em nenhum momento se proteger da queda, o que o médico enumera ser estranho, já que é uma atividade natural de qualquer ser vivo. 

Publicidade

“A minha hipótese médica, quando cedeu o sótão, nesse processo de queda, bateu a cabeça numa pilastra. Ele ficou desacordado nesse momento. Por quê? Porque no momento seguinte foi uma colisão direta da cabeça. E deve ter caído sem as defesas naturais”, disse o médico ao vivo, deixando muita gente perplexa. 

Publicidade

“Momento dramático, é o momento humano da nossa profissão’, prosseguiu o médico, lembrando como a família do apresentador estava completamente desolada com a situação, que parou o Brasil. 

Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade

Escrito por FERNANDO B

As melhores notícias você encontra por aqui. Conheça essas e outras histórias.