in

Saiba quem pode ser culpado pela morte de Gugu Liberato, a viúva já está questionando

G1/Montagem-Russel

Na noite desta última sexta, dia 22, foi confirmada a morte de Gugu Liberato, ele estava no sótão de sua residência nos Estados Unidos quando o piso cedeu e ele caiu de uma altura de quatro metros, batendo a cabeça e tendo o óbito confirmado depois de dois dias.

Publicidade

Neste último domingo (24), a Record fez várias homenagens ao apresentador, mas no Domingo Show uma matéria exibida acabou chamando a atenção do público de um modo especial. Geraldo Luís conversou com Luiz Bacci sobre a morte do colega de emissora e resolveram debater sobre as circunstâncias do acidente.

“O Gugu mal podia imaginar como é a construção do sótão nas casas americanas e isso é muito grave”, disse Bacci. Geraldo Luís concordou e explicou que no Brasil as construções são bem diferentes, inclusive o teto e o sótão.

Publicidade

Luiz Bacci revelou que chegou a conversar por telefone com Rose Miriam di Matteo, viúva de Gugu Liberato e que ela, assim como os três filhos, estão muito abalados, eles estavam em casa e ouviram o barulho da queda de Gugu, que foi levado para o hospital em seguida.

Publicidade

Ainda segundo Bacci, nos Estados Unidos o sótão de muitas casas é feito de placas de gesso, que lá são chamadas de drywall, juntamente com espuma e algumas vigas de madeira. Quando um profissional é chamado para fazer alguma manutenção na residência, ele sabe que só pode pisar na parte de madeira, porém, como Gugu não sabia disso, pisou no gesso e por isso caiu de uma altura de quatro metros.

Publicidade

“Com o peso, toda a espuma e o drywall se abrem, mais ou menos um buraco de 50, 60 de largura e a esposa encontra ele caído no chão. Então, eu não consigo entender porque as casas lá são feitas dessa maneira, se o certo é lá ou aqui no Brasil. Eu ainda acredito que o cimento e o concreto são mais seguros”, concluiu a esposa do apresentador.

Rose teria dito que lembra apenas de ter ouvido o barulho do marido caindo no chão e ela também questionou como que empresas podem construir um sótão dessa maneira.

“Como que a gente podia imaginar que uma casa grande em um país evoluído faz um sótão dessa maneira”, reclamou Rose Miriam.

Ninguém sabe ainda se a família de Gugu irá processar a empresa responsável pela construção, pois no momento todos estão arrasados e sem cabeça para pensar nisso. O corpo do apresentador chegará esta semana ao Brasil e o velório será aberto ao público.

Publicidade
Publicidade

Escrito por Russel

Sempre ligado a tudo que acontece no Brasil e no mundo, estou sempre trazendo as últimas notícias sobre o mundo dos famosos, reality shows, filmes, músicas, novelas e programas de televisão de um modo geral. Aqui você ficará sempre muito bem informado. Se quiser entrar em contato, fique à vontade: russelmy@yahoo.com.br