in

Ana Furtado não se segura e chora ao vivo ao falar de Gugu: ‘Fez parte da minha infância’

TV Globo

Neste sábado, 23 de novembro, a TV Globo precisou se render à história de Gugu Liberato, uma das maiores pedras no sapato da emissora. A Globo, que chegou a contratar Gugu em 1987, acabou perdendo o comunicador após Silvio Santos ter uma conversa pessoal com Roberto Marinho, na qual dizia que estava doente e que precisava de alguém que o substituísse. Na época, Silvio estava com problemas nas cordas vocais. 

Publicidade

O programa É de Casa foi um dos que dedicou mais tempo para falar do comunicador. A atração colocou todos os seus apresentadores para falarem sobre a influência de Augusto Liberato na televisão.

Uma das mais emocionadas era Ana Furtado, que lembrou que foi contratada na década de 1990 pela Globo para apresentar um game show na emissora. Na época, ela tinha como concorrente, justamente, Gugu.

Publicidade

Durante quase 20 anos, Gugu e a Globo brigavam ponto a ponto pelo Ibope aos domingos. Faustão, inclusive, tinha seu programa antes e depois do jogo, já que era o que conseguia ter melhores resultados contra o Domingo Legal. Alguns programas chegaram a marcar 40 pontos na época, audiência de final da novela das nove. 

Publicidade

Ao falar de Gugu, Ana quebrou os protocolos da Globo e chorou ao vivo.  “Ele fez parte da minha infância. Sempre assisti ao Gugu. Em 1996, quando eu entrei na TV Globo, fui apresentar um game show no domingo, no horário do Gugu Liberato. Eu tinha ele, não como um concorrente, como um oponente, mas como um professor“, disse a comunicadora ao falar sobre o assunto.

Publicidade

Outros programas, como o Jornal Hoje, também trouxeram informações atualizadas sobre o falecimento do comunicador. 

Publicidade
Publicidade
Publicidade

Escrito por FERNANDO B

As melhores notícias você encontra por aqui. Conheça essas e outras histórias.