in

Torcida do São Paulo perde a paciência com presidente do clube e ‘fora Leco’ ganha força

Divulgação São Paulo

A torcida do São Paulo queimou muitos jogadores e técnicos nos últimos anos. O clube vive uma seca de títulos desde 2008, quando conquistou o tricampeonato brasileiro sob o comando do treinador Muricy Ramalho.

Publicidade

Desde então, a única taça foi a da Copa Sul-Americana, em 2012. De lá para cá, o São Paulo vem passando por seca, derrotas injustificáveis e humilhações diante dos maiores rivais.

Cansada de queimar treinador e jogadores, a torcida do São Paulo parece ter acordado para o fato de que o problema está mais acima. Mais precisamente, na direção do clube.

Publicidade

Nesta quinta-feira (21), os são-paulinos inundaram as redes sociais com a hashtag #Somos18MilhõesForaLeco. Os torcedores pedem a saída do presidente.

Publicidade

Até a tarde desta quinta, havia mais de 60 mil menções a tag no Twitter. O assunto tornou-se o mais falado no Brasil e o quinto do mundo. Carlos Augusto de Barros e Silva, o Leco, é presidente do São Paulo há quatro anos.

Publicidade

Em 2019, o Tricolor terminará mais um ano sem títulos. Apesar das boas contratações de início do ano, feitas pela diretoria, muitos têm a ideia de que o clima nos bastidores faz o time não caminhar, independente dos jogadores e treinadores.

Atualmente, Fernando Diniz é o comandante do São Paulo. O clube briga por uma vaga na Copa Libertadores da América do ano que vem.

A torcida quer muito a classificação para o torneio sul-americano, mas quer mais ainda, neste momento, que Leco deixe o comando do clube. Pela primeira vez, há uma movimentação forte contra o mandatário do clube paulista. A torcida parece ter cansado de passar vergonha.

Publicidade
Publicidade
Publicidade

Escrito por Diogo Marcondes

Jornalista formado desde 2015. Jornalista por vocação desde que nasceu. Redator da i7 Network. Aqui escrevo sobre política, futebol, TV & famosos e qualquer outro assunto que esteja repercutindo no Brasil e no mundo.
Entre em contato comigo pelo @DiogoMarcondes no Twitter!