in

Socorrista é atropelado enquanto atendia outro acidente e morre de forma inacreditável

Fotomontagem: Bruno Avila / Estado de Minas / Prefeitura de Bacabal

Um caso muito fora do comum aconteceu no Brasil, mais especificamente na cidade de Igarapé, na Região Metropolitana de Belo Horizonte, capital de Minas Gerais. Um carro capotou na BR-262, em Pará de Minas, e o socorro foi feito de forma imediata.

Publicidade

Uma ambulância foi ao local e o motorista desta era um homem muito conhecido e querido por toda a cidade. Cláudio Moraes de Andrade, de 45 anos, mais conhecido como Claudinho Publicidades, era o condutor. O rapaz trabalhava, além de socorrista, fazendo propagandas para comércios da região.

Durante o socorro do acidente, um carro perdeu o controle e acabou atingindo o local do acidente. O carro desgovernado acertou o carro capotado e também a ambulância, causando um outro acidente. 

Publicidade

O primeiro acidentado e o motorista Cláudio foram atingidos por este novo acidente. De forma inacreditável, em um socorro de acidente, o socorrista não resistiu aos ferimentos e morreu no Hospital João XXIII, para onde foi encaminhado pelo helicóptero do Corpo de Bombeiros.

Publicidade

No estado de Minas Gerais, o feriado prolongado tem sido marcado por diversos acidentes. Vale ressaltar que ao menos 15 pessoas perderam a vida desde quinta-feira, no estado. Claudinho foi homenageado por alguns amigos que o conheciam.

Publicidade

Wellington Rodrigo, funcionário público, descreveu o motorista de ambulância como uma pessoa ‘alegre e de maneira correta’. O rapaz de 41 anos também contou que Cláudio gostava muito do que fazia e perdeu sua vida ‘salvando outras vidas’. O corpo de Cláudio foi velado no Velório Municipal.

Publicidade
Publicidade
Publicidade

Escrito por Bruno Avila

Redator de futebol, política e famosos desde 2016. Hoje um dos redatores mais lidos do 1News Brasil. Fique à vontade para falar comigo: brunoavilaprof@outlook.com