in

Apresentador da Globo sequestrado pelo PCC toma decisão difícil e avassaladora

TV Globo

Um apresentador da Globo tomou uma difícil decisão e deixará a emissora. A informação foi dada pelo site Notícias da TV nesta quarta-feira, 13 de novembro.

Publicidade

O apresentador em questão é Guilherme Portanova que, na atualidade, comandava um telejornal no Distrito Federal, uma das principais praças da emissora. O profissional estava há 19 anos no canal e ficou conhecido nacionalmente em 2006, quando foi sequestrado pelo Primeiro Comanda da Capital (PCC). 

Guilherme deixará a Globo para ir para a Record, onde, em breve, também apresentará um telejornal no Distrito Federal. 

Publicidade

Portanova começou a trabalhar na Globo no ano de 2000, na RBS TV Blumenau, afiliada da emissora na cidade do interior de Santa Catarina, e passou pelas unidades de Criciúma e de Florianópolis. Em 2005, transferiu-se para São Paulo.

Publicidade

Na região, ele ficou conhecido após ser sequestrado pelo PCC. A Globo precisou fazer um plantão, no qual um vídeo com os criminosos foi exibido em rede nacional. Após a exibição do vídeo, o repórter foi liberado. 

Publicidade

Veja abaixo o plantão da Globo que mostrou informações sobre o sequestro do jornalista Guilherme Portanova, no ano de 2006. Ele chegou a ficar afastado alguns meses da emissora, para conseguir superar o trauma da situação. 

Veja abaixo uma foto de Guilherme Portanova no comando do Bom Dia DF, telejornal da emissora exibido no Distrito Federal:

Na época, o plantão exibido pela Globo acabou gerando divisão nas ideias de especialistas, mas a emissora revelou que não arriscaria a vida de um profissional. 

Publicidade
Publicidade
Publicidade

Escrito por FERNANDO B

As melhores notícias você encontra por aqui. Conheça essas e outras histórias.