in

Alberto Guerra revela planos do Grêmio para 2020; destaque do River está entre os cotados

Montagem: Henrique Furtado (Matheus Martins Fontes + El Litoral)

Neste domingo (10), o Grêmio conquistou uma importante vitória fora de casa. O time comandado por Renato Portaluppi viajou até a cidade de Chapecó, onde venceu a Chapecoense pelo placar magro de 1 a 0, dentro da Arena Condá, resultado suficiente para colocar o Tricolor no grupo de elite do Campeonato Brasileiro.

Publicidade

Neste momento, embalado com uma sequência de cinco vitórias consecutivas, o Grêmio está na quarta colocação, com vantagem de quatro pontos para o São Paulo, que vem em seguida na tabela. O principal plano da diretoria do clube é encerrar o Brasileirão no G-4, a fim de que o time possa classificar diretamente para a Libertadores do ano que vem, sem passar pela repescagem.

Essa situação foi eleita como a de maior importância para os gaúchos após a eliminação diante do Flamengo nas semifinais do torneio continental. Escapar da primeira fase eliminatória significa maior tempo para planejamento, o qual já se iniciou nos bastidores do Grêmio. O clube vem realizando várias sondagens, e nomes começam a aparecer na lista de interesses.

Publicidade

Apesar de Renato Gaúcho estar confiante com o seu elenco, descartando a necessidade de novas contratações, a não ser a promoção de atletas das categorias de base, circula pela imprensa esportiva que um lateral-direito, um meia de ligação e um goleiro são prioridades para 2020. Na zona mista da Arena Condá, o diretor de futebol do clube, Alberto Guerra deu detalhes do planejamento para o ano que vem.

Publicidade

O cartola assumiu que uma possível ida ao mercado não é descartada, mas esfriou os ânimos da torcida, dizendo que dificilmente um jogador vindo de fora, de cara, conseguiria dar conta do recado. Entre os goleiros mais badalados nos bastidores, estão Gatito Fernández, do Botafogo, Jaílson, do Palmeiras, e Vanderlei, do Santos. Na lateral direita, Edílson, do Cruzeiro, foi citado nas últimas semanas, e Thiago Neves, também da Raposa, aparece como opção para a armação. Yony González, do Fluminense, seria alternativa para o ataque.

Publicidade

Outro nome que integra a lista de preferidos para a diretoria está o de Pity Martínez. O jogador foi um dos destaques da conquista da Libertadores pelo River Plate em 2018, e está atualmente no futebol dos Estados Unidos. Seu vínculo pertence ao Atlanta United, e é sabida a enorme dificuldade que seria uma tentativa de compra. Como meta alternativa, a hipótese de contrato por empréstimo em 1 ano vem sendo cultivada.

Publicidade
Publicidade

Escrito por Henrique Furtado

Henrique Furtado é um redator com vasta experiência no jornalismo online. Solidificou sua carreira com coberturas marcantes sobre os principais acontecimentos no Brasil e no mundo ao longo da última década. Suas especialidades englobam desde os bastidores da política, versando por esportes, atualidades e, claro, tudo o que acontece no mundo dos famosos. Está sempre ligado para entregar, em primeira mão, as últimas novidades para os seus leitores, 24 horas por dia, 7 dias por semana, 365 dias por ano.

Contato: henriquefurtado.jornalista@gmail.com