in

Evo Morales renuncia ao cargo, deixa o país e Bolsonaro faz pronunciamento

O presidente brasileiro resolveu comentar a situação do país vizinho após a grande polêmica.

Imagem: Folha

A única forma de um presidente da República deixar o cargo, além do impeachment, é por meio da renúncia. Sempre que isso acontece em um país, vira notícia no mundo todo, pois costuma ser um fato inédito. No Brasil, recentemente, o caso da ex-presidente Dilma Rousseff virou notícia em todo o planeta, mas neste, ela foi impedida, e não renunciou.

Publicidade

O presidente da República Federativa do Brasil, Jair Messias Bolsonaro, costuma estar envolvido em políticas de outros países, sempre se encontrando com governantes estrangeiros. Contrário à esquerda, ele não perdeu a oportunidade de comentar sobre o que acabou de acontecer em um país da América do Sul.

O presidente Jair Bolsonaro já fez questão de se pronunciar sobre o que ocorreu na Bolívia. O presidente Evo Morales, que havia sido eleito pelo voto popular, acabou renunciando ao cargo depois de sofrer muita pressão.

Publicidade

https://twitter.com/jairbolsonaro/status/1193651651711819778/

Publicidade

Bolsonaro se pronunciou e citou graves denúncias sobre supostas fraudes que teriam acontecido nas eleições presidenciais da Bolívia. Segundo o presidente brasileiro, isso que acabou culminando na renúncia de Evo Morales.

Publicidade

Em uma foto cumprimentando o ex-presidente boliviano, Bolsonaro fez questão de fortalecer uma campanha pelo voto impresso no Brasil. Vale ressaltar que o presidente brasileiro mostra alta desconfiança com o sistema eleitoral que está em vigor, atualmente, no país. Para dificultar suspeitas de fraudes, Bolsonaro, quando deputado, esteve intensamente na ‘briga’ para aprovar o voto impresso na própria urna eletrônica. 

Publicidade
Publicidade
Publicidade

Escrito por Bruno Avila

Redator de futebol, política e famosos desde 2016. Hoje um dos redatores mais lidos do 1News Brasil. Fique à vontade para falar comigo: brunoavilaprof@outlook.com