in

Drogas, picuinhas e fake news: Apresentador é tirado do ar e joga tudo no ventilador

Record / Reprodução

O apresentador André Azeredo voltou nesse final de semana ao vídeo, mas teve uma semana tensa, vendo o seu nome envolvido em picuinhas e até uma fake news, que o associava ao uso de drogas. Um portal chegou a noticiar que o uso de drogas estaria relacionado ao sumiço do jornalista do ar. Ele revoltado, não só disse que ia processar quem ventilou a informação, como também esclareceu ao público, é claro, que isso é uma grande inverdade.

Publicidade

André, para quem não lembra, era repórter da Globo e vivia sendo notícia por estar “acima do peso” para os padrões da emissora. A Globo e ele sempre negaram que o canal o obrigasse a fazer regime, mesmo assim, esse tipo de notícia o perseguiu até que a contratação da Record acontecesse.

Em um vídeo divulgado nessa semana, o apresentador esclareceu porque teria sido retirado do ar, mostrando grande sinceridade. De acordo com o âncora do ‘SP no Ar’, a Record o tirou porque ele não tem registrado boa audiência. Com isso, o canal fará testes com novos nomes, afim de ver se o Ibope está relacionado à cara do telejornal, ou ao conteúdo do mesmo.

Publicidade

“Eu não fui afastado do São Paulo no Ar. A direção e eu chegamos a uma conclusão que um teste deveria ser feito por questão de audiência. Eu concordei em estar fora. Fiquem tranquilos em relação a isso”, afirmou o jornalista no vídeo que viralizou nas redes sociais.

Publicidade

Neste sábado, 2 de novembro, André voltou ao vídeo no lugar de Matheus Furlan, que precisou tirar licença médica para uma cirurgia na coluna. Na volta, ele fez piadas com o seu sumiço da telinha.

Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade

Escrito por FERNANDO B

As melhores notícias você encontra por aqui. Conheça essas e outras histórias.