in

Testemunha revela detalhes do assassinato da menina de 5 anos: ‘queria crianças’

Divulgação/Rondonotícias/EM

O assassinato de uma criança de apenas cinco anos deixou a população chocada. O crime aconteceu na cidade de Betim, região metropolitana de Belo Horizonte, em Minas Gerais. Um homem assassinou de maneira cruel uma criancinha de apenas cinco anos quando ela estava à caminho da escola. A criança seguia com o irmão de sete anos e a babá para uma instituição de educação infantil quando acabou sendo atacada pelo criminoso.

Publicidade

O meliante matou a menina de cinco anos a golpes de faca. O criminoso foi identificado como Moabe Edon Pinto Nogueira Souza, de 25 anos. Depois de cometer a atrocidade, por muito pouco o rapaz não acabou linchado pelos moradores da localidade. A população ficou revoltada e começou a agredir o assassino.

Uma testemunha do crime e contou detalhes de como tudo aconteceu. A pessoa preferiu manter sua identidade preservada, mas impressionou ao revelar o que viu. “Na hora que a moça subiu com a criança, ele chegou e começou com os golpes de faca. Achamos que era uma briga de casal e ninguém foi lá para socorrer. O primeiro golpe de faca que ele deu foi no peito da menina. Vimos que ela não ia viver mais e eu já comecei a gritar”, explicou a pessoa que presenciou o fato.

Publicidade

A testemunha ainda fez questão de ressaltar que o homem não tinha intenção de agredir adulto, mas queria apenas crianças. De acordo com o portal Estado de Minas, o criminoso estaria em crise, pois ele sofre de esquizofrenia. Ainda de acordo com a pessoa que presenciou o fato, Moabe teria comemorado após cometer a atrocidade, dizendo que havia conseguido o que queria.

Publicidade

Aos prantos, a testemunha lamentou que a criança tivesse falecido. Já uma pessoa que conhecia o meliante, disse que ele estava fazendo tratamento para esquizofrenia. O rapaz mora com a mãe e mais três irmãos, próximo do local onde ocorreu o crime. A mãe teria levado o rapaz ao médico por causa do seu comportamento estranho. Inclusive, o médico teria dobrado a dosagem do medicamento.

Publicidade

Na manhã do crime, Moabe teria saído de casa com a intenção de comprar pão, mas acabou esfaqueando a criança. Após a tentativa de linchamento da população, o criminoso precisou ser levado para uma UPA – Unidade de Pronto Atendimento.

Publicidade
Publicidade
Publicidade