in

Ex-âncora do Jornal Nacional, que pediu demissão, usa a internet para revelar real face de Maju

TV Globo / Montagem

Demitida recentemente da TV Globo, onde por anos apresentou o Jornal Nacional aos sábados, a jornalista Carla Vilhena usou as redes sociais para expôr o trabalho de uma ex-colega de emissora, a apresentadora Maria Júlia Coutinho, a Maju. Nesta segunda-feira, 28 de outubro, Maju provocou incômodo em Carla, durante a cobertura da morte de Jorge Fernando.  

Publicidade

Ao narrar o falecimento de um importante diretor da emissora, Maju chegou a sorrir no ar. A apresentadora do Jornal Hoje tem sido muito criticada pelos inúmeros erros, mas a Globo chegou a atacar um colunista e acusá-lo de racista por notar esses acontecimentos envolvendo Maju (fato que acontece com qualquer pessoa no mesmo cargo). 

“Sobre matéria da morte de Jorge Fernando: por mais que ele tenha sido divertido em vida, está morto. Repórter, não precisa berrar tanto. Apresentadora, vamos evitar rir depois das cenas de arquivo, enquanto lê a frase ‘o corpo do diretor…’”, escreveu Carla Vilhena mostrando sua insatisfação com o trabalho da âncora do Jornal Hoje. 

Publicidade

As críticas são tantas que nas primeiras semanas, alguns colegas publicamente chegaram a mandar forças para Maria Júlia. Alguns acreditavam que os erros eram nervosismo de estreia, mas mesmo após um mês no comando do telejornal, os fatos têm se repetido. 

Publicidade

Após expôr Maju, Carla Vilhena decidiu apagar os posts e disse que foi mal interpretada. “O que achei q poderia ser uma dica para apresentação acabou sendo interpretado como uma ofensa a uma pessoa que adoro, a @majucoutinho . Muitas pessoas entenderam assim. Por isso, peço humildemente desculpas pelo erro”, escreveu a ex-âncora do Jornal Nacional. 

Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade

Escrito por FERNANDO B

As melhores notícias você encontra por aqui. Conheça essas e outras histórias.