in

Kate Middeleton e príncipe William escapam da morte por não entrarem em helicóptero

Divulgação/Pais&Filhos

A família real britânica está sempre na mira da mídia mundial. Tudo que ocorre com a realeza gera curiosidade no público e por esse motivo, eles estão constantemente na mira dos paparazzi. Infelizmente, essa busca exagerada pela notícia culminou em uma tragédia, a morte da princesa Diana.

Publicidade

A morte da princesa tem grande repercussão até os dias atuais e a fatalidade é sempre relembrada pelos noticiários. Diana morreu após ser perseguida por um paparazzi. Por pouco, mais um trágico acidente poderia ter ocorrido e abalado novamente a família real da Inglaterra. A fatalidade poderia ter acontecido com o filho da finada princesa Diana e sua família.

Kate Middleton e o marido estavam agendados para voar com os filhos no helicóptero que se envolveu em um acidente e matou o tailandês Vichai Srivaddhanaprabha, dono do clube de futebol chamado Leicester City. A tragédia ocorreu no último ano, em 2018, depois de uma partida de jogo de sua equipe.

Publicidade

A informação foi revelada neste último domingo, 27 de outubro, após completar um ano do acidente que vitimou o dono do clube e mais dois empregados, o piloto Eric e também a co-piloto, Izabela Roza. A irmã da co-piloto, Kate Lechowicz, contou durante uma entrevista ao jornal britânico The Sun que o príncipe estava contente e entusiasmado com o passeio em família que ocorreria no helicóptero condenado.

Publicidade

“Eles tinham combinado para voar juntos novamente em novembro, pouco tempo depois do acidente”, explicou Kate, irmã de Izabela Roza, uma das vítimas do acidente.

Publicidade

O acidente culminou na morte trágica e precoce de três pessoas. O fato é que a fatalidade poderia ter se abatido também sobre a realeza britânica, já que Kate e o marido estavam com passeio marcado no voo de helicóptero.

Publicidade
Publicidade