in

Repórter que acusou Datena de assédio faz declaração bombástica e revela: ‘Não menti’

Abril/Montagem-Russel

Nesta segunda-feira (28), a jornalista Bruna Drews disse que de fato retirou a denúncia de assédio sexual contra Datena, mas em um comunicado em seu perfil no Instagram reafirmou a acusação feita no início deste ano e contou que foi induzida e mal orientada a assinar um documento que não condiz com a realidade.

Publicidade

Eu não menti“, disse Bruna, contando ainda que de forma inexplicável seu processo de assédio sexual contra José Luiz Datena simplesmente foi arquivado sem ao menos ter uma investigação policial, além de não colherem o depoimento dela e não ouvirem as testemunhas.

A Justiça não me permitiu brigar pelos meus diretos“, desabafou. No dia 18 de outubro foi registrada uma retratação em um cartório na cidade de São Bernardo do Campo, em São Paulo, onde ela inocenta o apresentador da Band de qualquer acusação.

Publicidade

Bruna Drews disse que as coisas acabaram invertendo e ela é que está sendo processada por calúnia e difamação, só que está sem condições financeiras e muito menos psicológicas para dar continuidade a esta briga.

Publicidade

Em seu Instagram, a jornalista disse que os fatos se deram exatamente como ela disse na primeira vez, só que a ‘outra parte’ conseguiu mudar tudo. Bruna alegou que só assinou a tal carta porque precisa recuperar sua vida e deixar o ocorrido para trás, pois seus familiares estão sofrendo muito com tudo isso.

Publicidade

View this post on Instagram

Carta aberta a quem interessar : Eu não menti. Fui induzida e mal orientada a assinar um documento que não condiz com a realidade . A verdade é que meu processo de assédio sexual contra o apresentador inexplicavelmente foi arquivado. Não houve investigação policial, meu depoimento não foi colhido e nenhuma testemunha foi ouvida. A justiça não me permitiu brigar pelos meus direitos . A situação se inverteu e acabei processada por calúnia e difamação, mas não tinha condições psicológicas e financeiras para encarar mais esta briga.Fui induzida a fazer um acordo. No entanto, não estava totalmente consciente das consequências cíveis e criminais de declarar fatos que não aconteceram; somente o fiz porque pensei que assim se encerrariam todos os processos. Os fatos aconteceram como eu havia declarado inicialmente mas a outra parte envolvida conseguiu reverter inexplicavelmente a situação. Assinei tal carta na intenção de recuperar a minha saúde física e mental e enterrar o ocorrido. Ontem em uma reunião com meus familiares, que sofrem junto comigo todos os reflexos do ocorrido, decidimos não fugir da luta e acreditar que em algum momento a justiça será feita . Mais uma vez digo: EU NÃO MENTI . Mulheres que passaram por isso sabem como é difícil encarar essa briga e vence-la. Por último , quero deixar claro que não recebi nenhuma compensação financeira para cometer o ato errôneo de assinar a tal carta. Sigo com a minha moral e integridade intactas . Minha consciência está tranquila. Tudo o que eu mais quero é me livrar de uma situação que estava acabando com a minha saúde .

A post shared by Bruna Drews (@brudrews) on

Conforme se pode ver na postagem acima feita por Bruna, no final ela disse que está com a consciência tranquila e que seu único desejo agora é se livrar desta situação antes que acabe com sua saúde.

Publicidade
Publicidade
Publicidade

Escrito por Russel

Sempre ligado a tudo que acontece no Brasil e no mundo, estou sempre trazendo as últimas notícias sobre o mundo dos famosos, reality shows, filmes, músicas, novelas e programas de televisão de um modo geral. Aqui você ficará sempre muito bem informado. Se quiser entrar em contato, fique à vontade: russelmy@yahoo.com.br