in

Pirulito envenenado? Imagens internas de trem revelam o que aconteceu e assustam

Extra / Reprodução

Um caso tem causado mistério no Rio de Janeiro. Uma menina de 14 anos – Lorrana Madalena da Luz Manoel – morreu após ingerir alguma substância com chumbinho. O envenenamento foi confirmado, após uma perícia no corpo da menina, mas antes mesmo desta, médicos que a atenderam em uma Unidade de Pronto Atendimento (UPA) já haviam sinalizado que o estado de saúde da menina e as características do atendimento levavam a crer nessa hipótese.

Publicidade

A família informou à polícia que Lorrana, ao chegar em casa, teria dito que ganhou um pirulito de um desconhecido. No entanto, a polícia crê que outra substância teria matado a menina. Isso porque, em um doce tão pequeno, segundo especialistas, não haveria a quantidade necessária de chumbinho para matar uma pessoa.  

Neste sábado, 26 de outubro, mais um capítulo assustador do caso chegou à imprensa. A polícia divulgou imagens de câmeras de segurança de um trem da SuperVia, onde a menina aparece. Em todo o tempo em que ela fica dentro da condução, nenhuma pessoa aborda a adolescente. Por isso, a polícia descarta que alguém tenha mesmo dado um pirulito envenenado para a menor dentro do trem.

Publicidade

“Descartamos que ela recebeu algum doce dentro do trem. As imagens mostram que o tempo todo ela ficou sozinha”, afirmou o delegado que investiga o caso, como mostra a reportagem do jornal carioca Extra.

Publicidade

Agora, após analisar o vídeo, a polícia trabalha com duas vertentes. Uma a de que alguém tenha tentado matar a menina. E a outra de que Lorrana tenha tirado a própria vida. A terceira hipótese, a de consumo acidental, não chega a estar descartada, mas a quantidade de veneno encontrada dentro do corpo da jovem seria muito grande para tal acidente.

Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade

Escrito por FERNANDO B

As melhores notícias você encontra por aqui. Conheça essas e outras histórias.