in

Criança de 1 ano perde a vida em piscina de sua casa e detalhes são de cortar o coração

Reprodução: Facebook Álvaro Cássio

Quem tem filho pequeno e piscina em casa deve tomar todo o cuidado para evitar acidentes. Em alguns casos, esses acidentes podem ser fatais. Foi o que aconteceu na cidade de Goiânia, capital de Goiás, nesta segunda-feira (21).

Publicidade

Um menino de apenas um ano morreu afogado na piscina de casa. O acidente ocorreu durante a tarde, no Setor Aeroviário. De acordo com informações divulgadas pelo Corpo de Bombeiros, a criança ficou 20 minutos embaixo d’água.

O Corpo de Bombeiros foi acionado e quando chegou ao local tentou fazer manobras de reanimação no garoto. A criança, infelizmente, não resistiu aos ferimentos e acabou falecendo para desespero de toda a família.

Publicidade

Ainda segundo os bombeiros que atenderam a ocorrência, peritos criminais da Polícia Técnico-Científica estavam no local para averiguar quais foram as circunstâncias do acidente. O laudo deve ficar pronto em 30 dias.

Publicidade

Especialistas recomendam que pais ou responsáveis monitorem as crianças quando elas estiverem brincando na piscina. Tomar cuidado com bóias também é importante. Algumas não são certificadas pelo Inmetro e oferecem risco aos usuários.

Publicidade

Outra recomendação é colocar cerca em volta das piscinas, impedindo o acesso de crianças muito pequenas ao local. O garoto que morreu em Goiânia era neto do ex-delegado geral da Polícia Civil de Goiás, Álvaro Cássio dos Santos.

Na página de Álvaro no Facebook é possível ver várias fotos em que ele aparece ao lado do neto. A relação dos dois era ótima. Toda a família está abalada com a morte.

Publicidade
Publicidade
Publicidade

Escrito por Diogo Marcondes

Jornalista formado desde 2015. Jornalista por vocação desde que nasceu. Redator da i7 Network. Aqui escrevo sobre política, futebol, TV & famosos e qualquer outro assunto que esteja repercutindo no Brasil e no mundo.
Entre em contato comigo pelo @DiogoMarcondes no Twitter!