in

Cantora tenta pedir perdão após detonar canonização de Irmã Dulce, mas piora tudo

Natelinha / Reprodução

A cantora Márcia Fellipe, conhecida pelas músicas de forró, virou um dos principais assuntos das redes sociais no final de semana. Tudo porque em uma rede social, a profissional da música criticou a canonização de Irmã Dulce. O ato celebrado no domingo, 13 de outubro, pelo Papa Francisco tornou Dulce a primeira Santa nascida no Brasil. O nome dela passa a ser Santa Dulce dos Pobres.

Publicidade

No entanto, para a cantora, nenhum ser humano pode ser considerado santo. Ela usou uma citação da bíblia, argumentando que o único santo seria Jesus Cristo. Nesta segunda-feira, 14, a cantora voltou a se pronunciar, tentando pedir perdão pelas palavras que disse, mas piorou a situação, já que muita gente voltou a criticá-la pelo o que disse de Dulce, uma das figuras mais queridas do Nordeste.

“Eu peço aqui desculpa. Não falei sobre religião. Falei sobre o que a palavra nos diz. Muita coisa que a gente vê acontecendo no meio do mundo, ela é feita pelo homem. Assim, tem gente distorcendo que eu tenho intolerância a religião, em nenhum momento“, disse Márcia em um vídeo, no qual ela até aguarda mais gente para dizer seu pronunciamento.

Publicidade

Veja abaixo o vídeo divulgado nas redes sociais da cantora, no qual ela pede perdão pelo comentário; o problema é que muita gente não aceitou o pedido de desculpas da artista.

Publicidade

Vale lembrar que a cantora não foi a única a receber críticas em torno do assunto. A Record TV, por exemplo, ignorou o culto de canonização realizado pelo Papa Francisco, diretamente do Vaticano. Irmã Dulce é considerada a primeira santa brasileira.

Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade

Escrito por FERNANDO B

As melhores notícias você encontra por aqui. Conheça essas e outras histórias.