in

Globo lança série com aborto e trans e promete abalar conservadores

Divulgação Globo

A Globo começa a exibir nesta terça-feira (8) Segunda Chamada. A série vai ao ar logo depois de Filhos da Pátria, por volta das 23h (Horário de Brasília). A nova aposta da emissora promete abalar grupos conservadores.

Publicidade

De acordo com o site Notícias da TV, Segunda Chamada tem inclinação à esquerda e os conservadores sofrerão o impacto da série que se passa no curso noturno da modalidade de Educação de Jovens e Adultos (EJA) em uma escola da periferia de São Paulo.

A personagem vivida por Nanda Costa, por exemplo, passará por um aborto. Mãe de três filhos, ela tentará operar para não engravidar, mas não vai conseguir. Logo em seguida, ela fica grávida e parte para o aborto clandestino.

Publicidade

O rapper Linn da Quebrada vai viver uma mulher trans. A série conta ainda a história de uma ex-presidiária que busca uma nova chance na vida por meio da educação.

Publicidade

Outra personagem de destaque é de uma garota de programa que quer ser respeitada independente da vida que leve. O núcleo masculino da trama também passa por situações difíceis.

Publicidade

Entre os alunos, há um morador de rua que frequenta a escola e tenta mudar de vida. Outro personagem vende drogas para alunos e professores na escola. O personagem de Felipe Simas organiza um assalto no meio da sala de aula, após ser demitido.

Segunda Chamada foi escrita por Juliana Spadaccini e Carla Faour. Parte das histórias são baseadas em casos reais relatados por professores de EJAs de Rio de Janeiro e São Paulo. A série será exibida todas as terças-feiras, após Filhos da Prátia.

Publicidade
Publicidade
Publicidade

Escrito por Diogo Marcondes

Jornalista formado desde 2015. Jornalista por vocação desde que nasceu. Redator da i7 Network. Aqui escrevo sobre política, futebol, TV & famosos e qualquer outro assunto que esteja repercutindo no Brasil e no mundo.
Entre em contato comigo pelo @DiogoMarcondes no Twitter!