in

Empresa ligada a Ronaldinho é acusada de grave crime

Reprodução: Instagram

O Ministério Público Federal (MPF) está fazendo um ‘pente-fino’ a respeito de certos crimes envolvendo a parte econômica no Brasil. Ronaldinho Gaúcho foi um dos maiores jogadores de futebol da história e se aposentou há pouco tempo.

Publicidade

Após a aposentadoria, o craque brasileiro se dedicou a carreira de empresário, junto ao seu irmão. Seu nome é utilizado na maioria das empresas em que é sócio para, além da sociedade, seu nome atrair novos clientes com o Marketing.

Empresa investigada

A empresa 18kRonaldinho está sendo investigada por um suposto esquema de pirâmide financeira. A Instituição estaria prometendo rendimento de 2% por dia nas aplicações de seus clientes. Estes teriam que adquirir pacotes entre 12 dólares e 30 mil dólares.

Publicidade

A empresa se pronunciou e afirmou que sua principal atividade é vender relógios e outros objetos, negando qualquer tipo de envolvimento em esquemas de pirâmides financeiras. Ronaldinho foi citado pelos donos da empresa como um dos fundadores da própria.

Publicidade

Gosta de música? Ouça clássicos das décadas de 70, 80 e 90 agora mesmo | CLIQUE AQUI

Publicidade

Pena prevista

O MPF vem investigando e, caso concluir o inquérito, a pena prevista no código penal é de seis meses a dois anos de detenção e multa. Um projeto na Câmara dos Deputados prevê que esta pena mude para quatro a dez anos de reclusão e multa.

Publicidade

Ronaldinho ainda não se pronunciou oficialmente sobre tais acusações, mas a  empresa vem se defendendo de toda a investigação do Ministério Público Federal. Vale ressaltar que Ronaldinho e seu irmão também são alvos de investigações por sonegação de imposto.

Publicidade

Escrito por Bruno Avila

Redator de futebol, política e famosos desde 2016. Hoje um dos redatores mais lidos do 1News Brasil. Fique à vontade para falar comigo: brunoavilaprof@outlook.com