in

Caso Flávio: engenheiro foi esfaqueado e asfixiado; filho de primeira-dama se entrega

A Crítica / Arquivo Pessoal Flávio Rodrigues

Alejandro Valeiko, filho da primeira-dama de Manaus, Elizabeth Valeiko, se entregou à polícia nesta segunda-feira (7). Ele chegou à sede da Delegacia Especializada em Homicídios e Sequestros (DEHS) da capital amazonense por volta das 12h13.

Publicidade

Valeiko foi ao local prestar esclarecimentos sobre a morte do engenheiro Flávio Rodrigues. Ele chegou à delegacia acompanhado por dois advogados. O filho de Elizabeth estava em um carro da marca Jaguar avaliado em mais de R$ 330 mil.

O suspeito se entregou 47 minutos antes de expirar o prazo para que sua prisão fosse convertida em temporária, com prazo de 30 dias, que passaria a vigorar a partir das 13h.

Publicidade

O filho da primeira-dama estava no Rio de Janeiro, para onde viajou depois de depor à Polícia Civil. O prefeito de Manaus, Arthur Neto, afirmou que o enteado viajou para se tratar de dependência química.

Publicidade

Além de Valeiko, outros cinco suspeitos pela morte do engenheiro Flávio Rodrigues dos Santos estão presos. O engenheiro foi morto no dia 30 de setembro. O corpo foi encontrado em um terreno de Tarumã, zona oeste de Manaus.

Publicidade

Flávio estava desaparecido desde a noite anterior. Ele participou de uma festa no condomínio de luxo onde mora Valeiko, em Ponta Negra, também na zona oeste.

Nesta segunda, quando Valeiko chegou à delegacia, familiares de Flávio Rodrigues estavam no local e pediram justiça. Uma nova manifestação foi marcado para a próxima quarta-feira (9).

Valeiko nega participação no crime. A primeira-dama também defendeu o filho e o eximiu de participação no caso.

Publicidade

Escrito por Diogo Marcondes

Jornalista formado desde 2015. Jornalista por vocação desde que nasceu. Redator da i7 Network. Aqui escrevo sobre política, futebol, TV & famosos e qualquer outro assunto que esteja repercutindo no Brasil e no mundo.
Entre em contato comigo pelo @DiogoMarcondes no Twitter!