in

Mãe do garoto que matou Raíssa entregou o filho e surpreendeu com mais uma atitude

Fotomontagem: Bruno Avila / Reprodução: G1

Um garoto de apenas 12 anos assassinou Raíssa, uma menina autista de apenas 9 anos. Uma nova informação revela que foi a própria mãe que entregou o jovem à Polícia.

Publicidade

Isso porque o menino havia chegado em casa e revelado somente para a mãe que teria matado a menina. Ao chegar na delegacia, o menino tentou mudar o depoimento, porém não obteve sucesso, pois sua mãe o desmentiu na frente da Polícia.

Mãe entrega filho

Segundo o divulgado pela Polícia Civil, o jovem teria contado um depoimento em que teria um homem tatuado e de bicicleta, este teria forçado ele a cometer o crime. A própria mãe do garoto, que tinha o levado para delegacia, desmentiu  e contou a versão que o garoto teria contado somente à ela, em que ele cometeu o crime sozinho.

Publicidade

Após a mãe do garoto revelar isto, o adolescente de 12 anos assumiu o crime e voltou a dizer que teria cometido o crime sozinho.

Publicidade

Atitude surpreendente

Uma atitude que surpreendeu a todos no depoimento da mãe de Raíssa. A própria mãe do garoto assassino foi quem informou a mãe de vítima sobre o ocorrido.

Publicidade

Motivação

Ainda não foi descoberta uma motivação para o crime, mas os pais do garoto que matou Raíssa já o descreveram como ‘problemático’. Além do mais, foi resgatado um histórico de malcriações com professores na escola.

Uma prima de Raíssa afirmou que o garoto quase a deixou cega durante um trabalho escolar, em que ele pegou uma tesoura e chegou muito próximo de seu olho.

Segundo o relatado, antes de fazer isso, o jovem estava brigando com outro menino. A prima da garotinha autista disse que o garoto se revoltou porque ela pediu para ele ter calma e não brigar.

Publicidade
Publicidade
Publicidade

Escrito por Bruno Avila

Redator de futebol, política e famosos desde 2016. Hoje um dos redatores mais lidos do 1News Brasil. Fique à vontade para falar comigo: brunoavilaprof@outlook.com