in

Pesquisadores desvendam continente perdido aprofundado na Europa

Reprodução: Yahoo.

Uma equipe de geólogos anunciou que após anos de estudo conseguiu reconstituir a descoberta do continente denominado de Grande Adria. Segundo os cientistas, a descoberta trata-se de um território que foi encontrado submerso na Europa.

Publicidade

Ainda de acordo com informações, as evidências deste continente perdido estão divididas em mais de 30 países europeus. Durante a pesquisa, os cientistas coletaram amostras de solo entre os países que vão da Espanha até o Irã.

O território foi descoberto por meio de aparelhos que medem a atividade sísmica da região, entretanto por meio de pesquisas de solo e evidências de calcário, foi possível detectar a existência do Grande Adria.

Publicidade

Segundo o pesquisador Douwe Van Hinsbergen, da Universidade de Ultrecht na Holanda, a cadeia de montanhas detectada pelos cientistas demonstram que Adria se separou do continente africano há 200 milhões de anos e começou a se movimentar em direção ao hemisfério norte.

Publicidade

Ainda de acordo com a pesquisa, há cerca de 140 milhões de anos o território do tamanho da Groenlândia foi submerso pelos oceanos. Na ocasião os seus sedimentos acabaram se transformando em grandes rochas.

Publicidade

Na sequência do processo, essas rochas deram início ao processo de formação do continente europeu. Os cientistas estimam que entre 100 a 120 milhões de anos atrás, as rochas foram se despedaçando e aos poucos e foram subterradas pelo continente da Europa.

Sendo assim, uma pequena proporção das rochas ficou visível sobre a superfície terrestre. Os pesquisadores acreditam que velho continente esteja subterrado entre as regiões de Turim na Itália e se estende até o Mar Adriático. As evidências foram consideradas suficientes para que os pesquisadores começassem a iniciar o estudo na região.

Publicidade
Publicidade