in

Padre é afastado por conduta escandalosa após trocar mensagens com homem casado

Divulgação/EM

Recentemente, o padre Fábio de Melo acabou tendo seu nome envolvido em uma polêmica. O religioso foi confundido com um rapaz que publicou uma fotografia de sunga. No entanto, o rapaz em veste de banho era outra pessoa. Sempre muito bem-humorado, Padre Fábio se divertiu com a situação e levou tudo na brincadeira.

Publicidade

Nesta última quinta-feira, 19 de setembro, mais uma polêmica envolvendo um religioso tomou conta das redes sociais. A Diocese de Divinópolis, cidade que fica localizada no Centro-Oeste mineiro, afastou de suas atividades o padre Cléver Geraldo de Sousa. O motivo do afastamento foi comportamento moral impróprio e escandaloso a um clérigo.

O decreto administrativo foi assinado por José Carlos, bispo responsável pela diocese da região. O religioso era vigário no município de Pitangui e não pode mais celebrar eucaristia ou qualquer outro ato ministerial da igreja católica, como batismo, unção de doentes e foi impedido até de residir no apartamento que morava na cidade de Divinópolis.

Publicidade

Publicidade

Não foram revelados detalhes sobre o caso que envolveu Padre Cléver. O documento apenas fala que os fatos ocorreram na cidade de Pitangui. O bispo ressalta que a sanção é uma pena medicinal e que a expectativa é que o religioso retorne as atividades assim que as acusações forem apuradas da forma devida.

Publicidade

Mensagens intimas viralizaram na web

Prints de uma conversa íntima entre o padre e um homem casado acabou viralizando nas redes sociais. Nas mensagens, o religioso teria feito um convite para o rapaz propondo que tivessem um relacionamento íntimo. As trocas de mensagens tinham um tom ‘quente’. Inclusive, o padre pede para que ele abandone a mulher.

O rapaz questiona se isso não era pecado e recebe uma resposta surpreendente. “Casado não é capado“, teria respondido o religioso. No entanto, a esposa do rapaz flagrou as conversas entre os dois. As mensagens caíram na rede após um desabafo da esposa traída. A mulher se identifica como católica, porém não tinha mais confiança na igreja. Ela ainda afirmou que divulgou os prints das conversas para alertar outras mulheres casadas.

Publicidade
Publicidade
Publicidade

Escrito por Shyrlene Souza

Redatora na web desde 2016, formada em ciências contábeis, apaixonada pela redação desde criança. Escrevo sobre assuntos diversos, famosos, maternidade e notícias que se destacam no Brasil e no mundo.