in

Tragédia: a cada 11 segundos, uma mãe ou um bebê morre no parto

Abril/Montagem-Russel

A ONU divulgou nesta quinta-feira (19), novas estatísticas apontando que uma mãe ou um bebê morre durante o parto a cada onze segundos no mundo. Os dados apontam uma queda em relação a dados anteriores, mesmo assim é algo preocupante.

Publicidade

Tedros Adhanom Ghebreyesus, chefe da OMS – Organização Mundial da Saúde, disse que a situação é menos alarmente nos países onde há melhores serviços na área de saúde e que são acessíveis a um maior número de pessoas. Adhanom explicou também que os novos dados revelam que a situação vem melhorando no mundo todo, mas ainda há muito o que ser feito.

O número de bebês que morrem no parto caiu muito se comparado com o início deste século. De acordo com a ONU,  a maioria das mortes ocorrem no primeiro mês de vida. No ano passado, cerca de 7 mil recém-nascidos perderam a vida diariamente.

Publicidade

Em relação ao número de mulheres que morrem devido a complicações relacionada à gravidez ou parto, o número também caiu. No ano 2000, foram registrados 451 mil óbitos e, em 2017, foram 295 mil.

Publicidade

A cada ano cerca de 2,8 milhões de gestantes e recém-nascidos morrem durante o trabalho de parto e o mais triste é que a maioria destes óbitos poderia ser evitada.

Publicidade

O nascimento é um evento alegre em todo o mundo, mas a cada 11 segundos um nascimento se torna uma tragédia familiar“, disse Henrietta Fore, chefe do Unicef.

Especialistas apontam que é preciso investir em profissionais da saúde, água limpa, nutrição para as mães e bebês, além de fornecer vacinas e os medicamentos básicos, para que o número de mortes continue caindo.

Publicidade
Publicidade
Publicidade

Escrito por Russel

Sempre ligado a tudo que acontece no Brasil e no mundo, estou sempre trazendo as últimas notícias sobre o mundo dos famosos, reality shows, filmes, músicas, novelas e programas de televisão de um modo geral. Aqui você ficará sempre muito bem informado. Se quiser entrar em contato, fique à vontade: russelmy@yahoo.com.br