in

Após polêmica com ‘Bozonaro’, apresentadora se explica: ‘Jamais faria chacota’

Fotomontagem: Globo / Veja/ Fernando B.

A apresentadora Maria Beltrão, da Globo News, virou alvo de ataques dos militantes a favor do presidente da república, Jair Bolsonaro. Tudo aconteceu, logo após a âncora cometer um ato falho e, ao vivo, trocar o nome do presidente pela expressão “Bozonaro”.

Publicidade

Nas redes sociais, é bem comum que opositores ao presidente comparem ele a um palhaço. Por isso, substituem parte do nome do político pelo do palhaço que, ao longo de anos, fez um programa no SBT.

Maria usou o Twitter para dizer que nunca faria qualquer tipo de chacota com um político, especialmente o presidente da república. Ela também diz na mensagem que o apelido colocado por internautas é bastante “desrespeitoso”.

Publicidade

Maria lembra ainda que o que houve foi um equívoco durante o programa Estúdio I e que, ao perceber a falha, corrigiu imediatamente o nome de Bolsonaro. Ela explica ainda que quando o fato aconteceu, ela estava com pressa para chamar a profissional, que acompanhava, justamente, a agente do líder do PSL. Naquele momento, Jair deixava um  hospital de São Paulo.

Publicidade

Veja abaixo a publicação feita pela apresentadora da Globo News, na qual ela afirma que não teve qualquer intenção de zombar do presidente da república:

Publicidade

“Aviso aos navegantes: jamais fiz ou faria chacota com o nome do presidente Bolsonaro, usando um apelido desrespeitoso. O que ocorreu foi um erro, prontamente corrigido, na hora de chamar (com pressa) a repórter ao vivo, que estava acompanhando a saída do presidente do hospital”, disse a comunicadora ao falar sobre a situação, que acabou tendo muita 

Publicidade
Publicidade

Escrito por FERNANDO B

As melhores notícias você encontra por aqui. Conheça essas e outras histórias.