in

Caso Flordelis: computador ‘desaparece’ em igreja e detalhes deixam até polícia perplexa

Foto/Reprodução: Record TV

A morte do pastor Anderson do Carmo acabou movimentando o país. Ele foi morto logo após chegar em casa, em Niterói, no Rio de Janeiro. O assassinato tem gerado perplexidade em muita gente, até mesmo à polícia. Nesta terça-feira, 3 de setembro, mais um capítulo da questão ganhou o noticiário, chamando a atenção de muita gente, como mostra uma matéria do jornal carioca Extra. 

Publicidade

Isso porquê, um importante computador simplesmente desapareceu da filial da igreja do Ministério Flordelis, em Itaboraí. Além do item, um teclado e duas televisões teriam sido roubadas da igreja. O roubo acontece pouco depois do filho da parlamentar decidir romper com a mãe. 

O pastor e vereador Wagner Andrade Pimenta, conhecido como Misael, chegava a usar o nome ‘Misael da Flordelis’, antes do assassinato do pastor. Pouco depois do crime, no entanto, ele tem tentado desvincular sua imagem à própria mãe, que é uma das investigadas pelo crime. 

Publicidade

Misael deu uma entrevista sobre o caso. Nela, em conversa com o Extra, o vereador diz que o computador não seria seu e que o furto na igreja teria sido percebido apenas bem depois do crime ter sido cometido. Segundo Moisés, uma pessoa não identificada entrou na igreja sem causar dano algum no cadeado e levou os objetos. Segundo ele, não havia sinais de arrombamento ou dano no local, “pois inclusive o cadeado foi aberto normalmente com uma chave”.

Publicidade

Curiosamente, no entanto, o pastor diz que, apesar da igreja ter todos esses bens, não havia câmeras de segurança no local. Vale lembrar que a polícia ainda não chegou à uma conclusão na morte de Anderson do Carmo.

Publicidade
Publicidade
Publicidade

Escrito por FERNANDO B

As melhores notícias você encontra por aqui. Conheça essas e outras histórias.