in

Jorge Jesus usa 12 equipes diferentes em 12 jogos; e motivo surpreende

O Globo

Ao entrar em campo em sua última partida, domingo (25), o Flamengo realizou seu décimo segundo jogo sob o comando do português Jorge Jesus. O rubro-negro sobrou na Arena Castelão, vencendo o Ceará por três a zero. A goleada ainda teve direito a um golaço de Giorgian De Arrascaeta, de bicicleta, nos acréscimos, com o auxílio de um cruzamento perfeito de Rafinha. Os outros gols foram marcados por Gabigol e Pablo Marí.

Publicidade

Neste curto tempo comandando na Gávea, o treinador não teve sequer uma oportunidade de repetir a escalação de sua equipe. Os motivos de Jorge Jesus não poder utilizar a mesma escalação as seus times titulares teria variado muito, como opções táticas, afastamentos, suspensões, lesões e a necessidade de preservação das condições físicas de seus atletas; tudo isso estaria impedindo que a lista de titulares se repita.

Devido a essas diversas barreiras, o treinador tem usado muito jogo de cintura com as variações na equipe, que são comuns no futebol atual. Jorge Jesus tem focado em manter o clube em condições de obter o troféu em todos os campeonatos que o Flamengo ainda compete este ano.

Publicidade

O treinador  alegou, em entrevista coletiva, que o rubro-negro está com a possibilidade de vencer as duas competições em que ainda está presente no ano, e que não poderia abdicar de uma em sacrifício da outra. O técnico português deixou em evidência que é necessário ter a capacidade de lidar com tais mudanças.

Publicidade

O comandante ainda disse que tem buscado realizar variações entre os seus jogadores. Jorge também afirmou que a finalidade é que o Flamengo siga com o máximo de força possível em todas as suas decisões.

Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade

Escrito por Tatiane Braz

Estudante, escritora e apaixonada pela verdade, tenho como meta levar a notícia de forma clara e real. Amo ler e percebo a cada dia que um mundo melhor se faz quando o conhecimento que adquirimos é colocado em prática.