in

Irmã de sequestrador de ônibus emociona ao contar como ele era: ‘Não era bandido’

Facebook / Globo

William Augusto da Silva ficou conhecido em todo o país por um triste motivo. Ele era o jovem,  de apenas 20 anos de idade, que sequestrou um ônibus no Rio de Janeiro.  O caso virou um dos assuntos mais falados da semana. William fez o sequestro e parou o veículo em plena ponte Rio Niterói.  Canais de diversas emissoras cobriram tudo ao vivo.  

Publicidade

Com 37 reféns, William estava horas com eles dentro do coletivo.  Ele acabou sendo assassinado por atiradores de elite. Nesta sexta-feira, 23 de agosto,  dias após o caso, a irmã do sequestrador, Thayná Silva, utilizou sua página no Facebook para contar como o seu irmão era. 

Definindo William como um rapaz inteligente e prestativo, Thayná pede as pessoas que não julguem sem conhecer a pessoa, além de revelar que o jovem teria sido consumido por uma doença. Para especialistas, William poderia estar em surto psicótico. 

Publicidade

“As pessoas que estão julgando, falando asneiras sem te conhecer são desumanas, e provavelmente devem ser perfeitas porque né… Na verdade não são perfeitas não, são podres por dentro, pessoas com coração ruim e que tem uma vida infeliz.
Sei que você deixou a doença te vencer, é triste? Sim muito, sei que os últimos meses você estava sofrendo muito mas nunca deixou de nos amar, cuidar, e fazer a suas piadas!”,
disse a jovem, como pode ser visto na publicação incorporada abaixo. 

Publicidade

Meu irmão? Não era bandido! Não era ladrão! Não era assassino! Não era estrupador! Meu irmão não era nada disso.Sabe…

Gepostet von Thayná Silva am Freitag, 23. August 2019

Muitas pessoas, comovidas com o relato da irmã do sequestrador da ponte Rio Niterói, usaram os espaços para os comentários da publicação para enviar mensagens positivas à jovem. 

Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade

Escrito por FERNANDO B

As melhores notícias você encontra por aqui. Conheça essas e outras histórias.