in

Morto se mexe dentro do caixão e assusta todo mundo no velório

Reprodução: Valorize a Vida

Uma família de São Luís do Curu, cidade próxima a Região Metropolitana de Fortaleza (CE), decidiu interromper  um velório, após o morto supostamente ter mostrado sinais vitais. De acordo com pessoas presente no local, Raimundo Bezerra de Sousa, de 61 anos, teria apertado a mão da esposa, que estava ao lado do caixão dele. 

Publicidade

Os parentes do falecido também afirmaram que ele estava suando. O caso aconteceu na última sexta-feira (16).

Raimundo cumpria pena na cadeia do município de Trairi, e foi levado às pressas para o hospital da cidade de Itapipoca após a suspeita de ataque cardíaco, e faleceu por volta das 22h da última quinta-feira (15). 

Publicidade

O corpo chegou para o velório em São Luís do Curu no dia seguinte, por volta das 8h30. Algumas horas depois a esposa de Raimundo tomou um susto ao ter a sensação de que o marido tinha apertado sua mão. Pessoas que estavam perto do caixão afirmaram que o morto chegou a erguer o corpo levemente. 

Publicidade

Acreditando na possibilidade de Raimundo ainda estar vivo, a família retirou o corpo do caixão e telefonou para o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU). Os profissionais do SAMU examinaram o corpo e constataram que ele realmente estava morto.

Publicidade

Ainda em dúvida, os familiares encaminharam o corpo para o Hospital Municipal Antônio Ribeiro da Silva. Raimundo foi submetido a alguns exames, e um medico novamente constatou sua morte. Após o veredito dos médicos a família prosseguiu com o sepultamento, e Raimundo finalmente foi enterrado no cemitério local no fim da tarde.

Publicidade
Publicidade
Publicidade