in

Luto: Corinthians publica carta de despedida para jogador assassinado

Divulgação/Pinterest

O mundo do futebol acordou mais triste neste domingo. O pivô do time de futsal do Corinthians, Douglas Nunes da Silva, 27 anos, foi assassinado a tiros na madrugada deste sábado.

Publicidade

O jogador estava se divertindo com amigos em uma casa de shows localizada na Avenida Sete de Setembro em Erechim, no Rio Grande do Sul, quando se envolveu em uma discussão dentro do recinto.

Testemunhas relatam que o jogador e um outro rapaz se desentenderam, porém, nada de grave aconteceu enquanto ambos estavam dentro do recinto da casa de show. Horas depois o atleta acabou sendo surpreendido ao sair da casa de show. O rapaz com quem ele se envolveu na confusão realizou disparos com arma de fogo e baleou o jogador.

Publicidade

Após realizar os disparos, o autor fugiu do local. Douglas chegou a ser socorrido e encaminhado para um centro de atendimento médico, entretanto o atleta não resistiu aos ferimentos e veio a falecer.

Publicidade

Os policiais militares do 13º BPM começaram a realizar uma busca intensa para descobrir o paradeiro do assassino, entretanto, após o árduo trabalho da Polícia Militar, a localização do assassino não foi descoberta.

Publicidade

Até o momento não existem pistas que possam fazer com que a polícia localize o paradeiro de quem tirou a vida do jogador.

O Corinthians usou o perfil no Twitter para prestar condolências aos familiares e amigos do jogador. O time disse que lamenta muito a perda deste grande atleta.

https://twitter.com/Corinthians/status/1160537415733383168/photo/1?ref_src=twsrc%5Etfw%7Ctwcamp%5Etweetembed%7Ctwterm%5E1160537415733383168&ref_url=https%3A%2F%2Fwww.terra.com.br%2Fesportes%2Flance%2Fjogador-de-futsal-do-corinthians-e-assassinado-no-centro-de-erechim%2C27c63960145b70024b95f3be6fab1431t6x1wg49.html

Publicidade
Publicidade
Publicidade

Escrito por Cláudia

Claudinha