in

Pai pede filho de 12 anos para ajudar a lavar carro e é multado por trabalho infantil

R7 / Fernando

Uma situação está gerando polêmica em todo o país. Ao levar o filho que estava de  férias para a autoescola da qual é dono, o homem foi autuado pela fiscalização por deixar o menino de 12 anos lavar seu carro. Os fiscais interpretaram a presença da criança na empresa como trabalho infantil. O menino estava de férias. 

Publicidade

O empresário, que não teve o nome revelado, diz que não concorda com a iniciativa e que está perplexo.  Ele disse que vai recorrer da situação. O empresário diz que aprendeu com o seu pai conhecimentos da vida e que queria fazer o mesmo com o filho. Foi então que ele pediu para o garoto lavar motos e carros que estavam sujos. Os veículos fazem parte da sua autoescola. 

Os fiscais, no entanto, dizem que a situação se caracteriza como trabalho infantil e que crianças não podem ter atividades consideradas “insalubres”. O documento da multa diz que o menino era “lavador de veículos”. “O fiscal pegou e disse que não podia isso de jeito nenhum e logo fez uma notificação”, disse o pai sobre a situação. 

Publicidade

Nas ruas, as pessoas ficaram divididas, como mostra uma matéria do Balanço Geral São Paulo. Algumas pessoas acreditam que o menino estava ganhando responsabilidade, enquanto outras disseram que lavar carros em nada ajudaria na formação do adolescente e que o melhor era esperar o menino terminar os estudos, antes de colocá-lo para ajudar o pai. 

Publicidade

Pela lei, menores de 14 anos, mesmo estudando, não podem trabalhar. A única exceção são as chamadas atividades artísticas, como as propagandas de televisão, novelas e teatro.

Publicidade
Publicidade
Publicidade

Escrito por FERNANDO B

As melhores notícias você encontra por aqui. Conheça essas e outras histórias.