in

Médicos declaram jovem morto, mas mãe não acredita e salva filho de ser cremado vivo

R7 / Fernando

O amor de mãe realmente não tem limites. No entanto, uma mãe indiana virou notícia em todo o mundo, após brigar com os médicos, que declararam que seu filho estava morto. O rapaz identificado como Gandham Kiran só tem 18 anos e já passou por uma experiência de quase morte, como mostra uma matéria do portal de notícias R7, publicada nesta terça-feira, 23 de julho.

Publicidade

Os médicos disseram para a mãe do jovem que ele estava com morte cerebral e que não havia mais nada a ser feito. Os especialistas indicaram que a mãe de Gandham encomendasse a cerimônia de despedida do rapaz. Na Índia, onde o fato inusitado ocorreu, no geral, as pessoas são cremadas.

No entanto, a mãe impediu que os médicos desligassem os aparelhos. Ela disse que seu filho não estava morto e não autorizou que os profissionais desligassem os acessórios que mantinham o rapaz vivo. O jovem foi parar no hospital indiano com uma série de problemas de saúde, como dengue e hepatite.

Publicidade

Dois dias após impedir que o filho tivesse os aparelhos desligados, um milagre aconteceu. Como mostram veículos locais, o jovem teria chorado enquanto dormia. As lágrimas trouxeram ainda mais esperança para essa mãe, que não teve o seu nome revelado.

Publicidade

A mãe então chamou o médico responsável pelo plantão. Rajababu Reddy registrou que o jovem ainda estava vivo. “Ele teve um pulso muito fraco. Eu imediatamente contatei seu médico em Hyderabad e o informei sobre a situação“, disse o médico. O jovem ainda se recupera, mas já fala e come sem a ajuda de terceiros. Ele, no entanto, continua acamado.

Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade

Escrito por FERNANDO B

As melhores notícias você encontra por aqui. Conheça essas e outras histórias.