in

Jô manda carta em francês a Bolsonaro e debocha de seu filho: ‘Embaixador de lanchonete’

O apresentador Jô Soares é um dos nomes mais queridos da televisão brasileira. Afastado da telinha desde que saiu da Globo, o humorista surpreendeu seus fãs quando, nesta segunda-feira, 22 de julho, enviou uma carta aberta ao presidente da república, Jair Bolsonaro. O texto foi publicado pelo jornal Folha de São Paulo, onde Jô tem uma famosa coluna. 

Publicidade

Em um texto bastante humorado e irônico, Jô Soares criticou o fato do presidente querer nomear o próprio filho, o deputado federal Eduardo Bolsonaro, como embaixador do Brasil nos Estados Unidos. De acordo com Jair, seu filho tem todos os requisitos necessários para ser embaixador. Entre eles, Eduardo falaria inglês e já “fritou hambúrguer” na terra de Donald Trump.

Jô, que é poliglota, fez um texto que reúne partes das sentenças em português e outras partes em francês. A brincadeira foi realizada porque, diferente do que Bolsonaro disse, a língua usada por embaixadores não necessariamente é o inglês. A língua universal para esse tipo de cargo, na verdade, é o francês, ainda que atualmente a maioria dos embaixadores também fale inglês. “Se já temos um ex-presidente FHC, porque não um embaixador do KFC?”, disse o comediante. 

Publicidade

Jô Soares citou ainda em seu texto o ditador Jacinto B. Peynado, que nomeou o filho de quatro anos para o cargo de coronel do Exército dominicano. Na sequência, o ex-apresentador da Rede Globo,  sugeriu que Eduardo fizesse uma pós-graduação em “cheesburguer”, já que ele tem experiência em fritar hambúrguer.

Publicidade

Vale lembrar que, apesar do fato de “fritar hambúrguer” ter repercutido, a lanchonete que Eduardo diz ter trabalhado, na verdade, não oferece esse tipo de alimento em seu cardápio. 

Publicidade
Publicidade
Destaque: Mulher quase é presa por emagrecer demais! Confira
Publicidade
Publicidade

Escrito por FERNANDO B

As melhores notícias você encontra por aqui. Conheça essas e outras histórias.