in

Luto na música: morre lendário cantor de músicas raras

Divulgação Pinterest

O mundo da música está de luto após a morte do famoso cantor e compositor Bob Frank. A notícia foi confirmada pela gravadora Light In The Attic. As causas da morte do artista não foram divulgadas; ele tinha 75 anos de idade.

Publicidade

Robert Landis Frank, mais conhecido como Bob Frank, nasceu em Memphis, Tennessee, em 1944. Frank começou a tocar em cafés no início dos anos 60. Em 1966 ele se formou em Rhodes College com diploma em inglês. Ele foi então convocado para o Exército e enviado para lutar no Vietnã. 

Quando retornou, dois anos depois, em 1968, começou a trabalhar em uma fazenda no Colorado, pouco tempo depois em uma fábrica de conservas no estado de Washington e morava em comunidade no norte da Califórnia. Eventualmente, ele se mudou para Nashville, onde foi contratado para escrever músicas country comerciais para a editora Tree Music.

Publicidade

Frank logo assinou contrato com a Vanguard Records, que lançou seu álbum estreia em 1972. Apesar de boas críticas, não vendeu bem, e ele foi retirado do selo depois de se recusar a cantar qualquer uma das músicas do álbum durante uma exibição de publicidade no a icônica boate nova iorquina Max’s Kansas City.

Publicidade

Ele se mudou para a Bay Area, onde liderou brevemente uma banda chamada Hardheads, antes de deixar a música para trabalhar como especialista em irrigação para a cidade de Oakland e criar seus quatro filhos.

Publicidade

Quase 30 anos depois, Frank descobriu que ele havia se tornado um artista cult, com cópias raras de seu álbum de 1972. Ele fundou sua própria gravadora, a Bowstring Records, e voltou a se apresentar, lançando uma série de novos álbuns a partir de 2001. Em 2014, a gravadora Light In The Attic reeditou seu álbum de estreia em 1972.
O álbum mais recente de Frank, intitulado de Dancing In Dallas, foi lançado em 2018.

Publicidade
Publicidade
Publicidade

Escrito por Francisco Nunes

Barbeiro profissional.